logo-ge

Ciências Humanas

É a formação generalista para lecionar na área de humanidades

É a formação generalista para lecionar na área de humanidades. O curso forma professores para ensinar nas séries finais (6º ao 9º ano) do Ensino Fundamental, nas disciplinas de história e geografia, e no Ensino Médio, nas matérias de história, geografia, sociologia e filosofia.

Com ampla compreensão dos fenômenos humanos e sociais e da relação interdisciplinar entre eles, este profissional também atua no desenvolvimento de material didático e em espaços de educação não formal, como centros culturais e museus.

Fique de Olho

ESTUDOS AFRICANOS E AFRO-BRASILEIROS

A UFMA, em São Luís, oferece licenciatura em Estudos Africanos e Afro-Brasileiros. É um curso pioneiro e  interdisciplinar que forma professores para os anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e para o Ensino Médio na área de Ciências Humanas.

O licenciado também poderá trabalhar na gestão e formulação de políticas públicas relacionadas à temática étnico-racial. A ideia do curso, segundo a coordenadora Kátia Regis, surgiu a partir de uma lei de 2003, que tornou obrigatório o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana nos ensinos Fundamental e  Médio.

A lei e suas posteriores regulamentações estabeleceram o reconhecimento e a valorização das raízes africanas do país, ao lado das raízes indígenas, asiáticas e europeias. “Apesar do novo marco legal, ainda há muitos desafios para que as escolas ensinem com propriedade esses conteúdos e, dentre eles, destacamos a formação inicial de professores(as)”, diz Kátia. É exatamente para preencher essa lacuna que o curso foi criado.

Mercado de Trabalho

O principal mercado está nas redes públicas e privadas de ensino básico. “Geralmente nossos ex-alunos conseguem empregos na própria rede Sesi de ensino.

O estágio já começa logo no primeiro ano da graduação, é a chamada residência educacional, que tem duração de quatro anos”, afirma Luiza Helena Silva Christov, coordenadora do curso na Faculdade Sesi de Educação, na capital paulista.

Se fizer pós-graduação, o docente também poderá dar aulas em cursos superiores na área de humanas. Um setor promissor é o de consultoria para a produção de livros didáticos em editoras. O profissional pode ser contratado por outras instituições – como museus, centros de documentação e institutos de pesquisa – para dar apoio em projetos culturais.

Curso

O curso forma professores com visão geral de humanidades e foco na transversalidade de temas. Apenas duas instituições oferecem essa licenciatura. Em seus currículos constam disciplinas como teorias sociológicas, filosofia contemporânea e metodologias de ensino. Mas há variações.

A Faculdade Sesi de Educação, em São Paulo (SP), oferta disciplinas focadas em cultura: fotografa, vídeo, cinema, literatura, quadrinhos. Já a Unipampa, em São Borja (RS), prioriza a realidade da fronteira do Rio Grande do Sul e seus países vizinhos.

Para se formar, é preciso apresentar o trabalho de conclusão de curso e estagiar. A UFMA tem uma licenciatura específica em Estudos africanos e afro-brasileiros (veja o quadro a seguir).

Outro nome: Est. Africanos e Afro-Brasileiros.

 

Legenda:

Estrelas da Avaliação do Guia do Estudante

★★★★★ - Excelente

★★★★ – Muito bom

★★★ - Bom

CPC – Conceito Preliminar de Curso ① ② ③ ④ ⑤ 

O CPC é o indicador do Ministério da Educação que mede a qualidade dos cursos. Ele varia de 1 (menor valor) a 5 (maior valor). Ele está informado na ficha do curso para todas as graduações que tinham esse indicador disponível (fonte: site do Inep, anos 2014, 2013 e 2012). 

Cifrões – Referem-se às faixas de preço da mensalidade:

$ - Até 500,00 reais

$$ - De 500,01 a 750,00 reais

$$$ - De 750,01 reais a 1.000,00 reais

$$$$ - De 1.000,01 a 1.500,00 reais

$$$$$ - Acima de 1.500,01 reais

n/i - Valor não informado