Assine com até 65% de desconto

Geoprocessamento

Utiliza sistemas de sensoriamento remoto na produção e interpretação das imagens para coleta de dados ou para confecção de mapas

Por Redação Atualizado em 21 Maio 2019, 18h00 - Publicado em 27 Maio 2012, 14h26
GE/Guia do Estudante

O tecnólogo em Geoprocessamento utiliza sistemas de sensoriamento remoto na produção e interpretação das imagens para coleta de dados sobre uma região, imóveis urbanos e rurais ou para confecção de mapas. Seu principal campo de trabalho são as instituições públicas ou privadas que trabalham com o monitoramento de recursos naturais ou da ocupação do solo, ou em prefeituras, no planejamento urbano.

A base do curso são as Ciências Exatas, com matérias como matemática, física e geociências. A maior parte da grade curricular, porém, é voltada às disciplinas específicas da carreira, como tratamento de imagens de satélite e de radar, além de monitoramento ambiental.

Na maioria das escolas, o estágio não é obrigatório, mas é necessário apresentar um projeto de conclusão do curso.

Duração média: 3 anos.

  • Curso

    Legenda:

    CPC – Conceito Preliminar de Curso ① ② ③ ④ ⑤ 

    O CPC é o indicador do Ministério da Educação que mede a qualidade dos cursos. Ele varia de 1 (menor valor) a 5 (maior valor). Ele está informado na ficha do curso para todas as graduações que tinham esse indicador disponível (fonte: site do Inep, anos 2014, 2013 e 2012). 

    Cifrões – Referem-se às faixas de preço da mensalidade:

    $ - Até 500,00 reais

    $$ - De 500,01 a 750,00 reais

    $$$ - De 750,01 reais a 1.000,00 reais

    $$$$ - De 1.000,01 a 1.500,00 reais

    $$$$$ - Acima de 1.500,01 reais

    n/i - Valor não informado

    Publicidade