Assine com até 65% de desconto

Gestão da Qualidade

O tecnólogo acompanha os processos de produção industrial e a prestação de serviços em empresas de diversos setores, com foco na busca de maior qualidade

Por Redação Atualizado em 3 ago 2020, 19h06 - Publicado em 27 Maio 2012, 15h07

Guia completo sobre o curso Gestão de Qualidade 

O tecnólogo acompanha os processos de produção industrial e a prestação de serviços em empresas de diversos setores, com foco na busca de maior qualidade e produtividade. Trabalha tanto em fábricas quanto em estabelecimentos comerciais, instituições financeiras e empresas prestadoras de serviços, para garantir que sejam cumpridos padrões de normalização e metrologia internacionais. 

A indústria é a principal contratante desse tipo de profissional, pois precisa estar sempre atualizada em normas e padrões exigidos por sistemas de certificação como Inmetro, ABNT e ISO, por exemplo.

Pode especializar-se em auditorias para órgãos internacionais que emitem as certificações de qualidade, trabalhar em laboratórios de metrologia ou voltar-se para a área de recursos humanos. Certificados de qualidade, como os citados anteriormente, garantem a demanda por este profissional. Ele pode se tornar auditor interno, coordenador de qualidade, analista de planos, reorganizador e supervisor de processos de qualidades, entre outros. 

Preste atenção na proposta e currículo do curso antes de se inscrever para o processo seletivo. Alguns enfatizam a qualidade na prestação de serviços; outros, a formação industrial. Não se esqueça também de checar se a instituição da sua escolha possui aprovação do MEC que legitime o seu curso em território nacional. 

O que você pode fazer

Auditor: o responsável técnico que fiscaliza os processos de grandes e médias empresas, conferindo se as mesmas seguem as normas de padrão de qualidade e segurança do trabalho.

Analista: área onde o gestor de qualidade poderá ser júnior, pleno ou sênior. É esse profissional que irá analisar a cadeia produtiva, identificar os problemas e sugerir soluções.

Gerente de qualidade: o passo seguinte do analista sênior é se tornar gerente - isso quando não há o cargo de coordenador antes, varia de empresa a empresa. O trabalho desse profissional é, basicamente, supervisionar o desempenho dos que estão abaixo de si. Ele também é o responsável por assinaturas e torna-se "o rosto" da empresa quanto o assunto for de sua área.

Indústria: o gestor de qualidade pode ainda trabalhar diretamente em pátios industriais, atuando ao lado dos técnicos de manejo de máquinas no que se refere aos pequenos processos diários.

Pesquisa: o profissional que quiser dedicar sua carreira à pesquisa deve procurar vagas em órgãos públicos ou privados, responsáveis por criar grandes selos de qualidades e suas exigências.

Docência: você ainda pode se dedicar a dar aulas em instituições que ofereçam o curso de Gestão da Qualidade.

Mercado de Trabalho

Perfil do profissional em Gestão da Qualidade

Esse profissional deve ser, acima de tudo, alguém que zela pela organização de processos e melhorias na qualidade. Ele deve possuir visão estratégica, faro para negócios e saber trabalhar em equipe.

O gestor de qualidade ainda deve possuir facilidade com a comunicação, e saber falar em público com grandes equipes é um diferencial, pois há muitos treinamentos envolvidos no processo.

É ele quem irá identificar problemas a serem solucionados em uma cadeia de produção, tanto no que diz a qualidade do produto final, quanto ao que diz respeito aos custos. Uma vez identificado o problema, ele também irá propor - depois de analisar e estudar com a sua equipe - uma mudança que trará a melhora buscada.

Problema identificado e solução sugeria, hora de traçar um plano e colocá-lo em prática. É aí que entram os treinamentos mencionados ali em cima: é o gestor de qualidade que irá ensinar à toda equipe como os novos processos devem ser feitos para garantir um bom resultado final.

Salário médio

Um gestor de qualidade inicia sua carreira ganhando em torno de R$2.500, segundo pesquisa feita pelo site de recrutamento Vagas.com.

Curso

Tipos de formação para Gestão da Qualidade

O curso pode ser na modalidade tecnológico, ou uma especialização de áreas provenientes como Administração e Logística.

Saiba como é o curso de Gestão de Qualidade

O curso faz parte do segmento de Gestão e Negócios, logo, possui disciplinas acerca do tema e demanda conhecimento em informática.

Há várias faculdades que oferecem o modelo de Ensino à Distância, o que facilita ao aluno que já trabalha com algo a concluir os seus estudos.

Grade curricular

O aluno que optar pela formação em Gestão da Qualidade irá estudar diferentes disciplinas voltadas à Gestão, como Gestão Empresarial, Gestão Estratégica e Gestão Participativa. Esse aluno também irá se deparar com matérias típicas de uma faculdade de Administração, como Controle Estatístico dos Processos e Qualidade e Processos Organizacionais.

Disciplinas mais abrangentes como Legislação, Economia, Responsabilidade Social e Ética devem aparecer no currículo. Por fim, aulas técnicas e conceitos específicos da área, como Metrologia e Ferramentas de Qualidade serão cobradas igualmente.

Por ser um curso bastante voltado à prática - característica das modalidades tecnológicas - seu tempo de duração é curto se comparado ao Bacharelado ou Licenciatura. A obrigatoriedade de um Trabalho de Conclusão de Curso ou horas de estágio não é prevista pelo MEC, mas pode ser exigida dependendo da instituição de sua escolha.

Porém, o MEC determina que todas elas estejam equipadas com laboratórios de informática e laboratórios de controle de qualidade, pois o aluno é obrigado a vivenciar experiências em ambos ao longo de sua formação.

Nota de corte: por ser um curso tecnológico, não há nota de corte unificada em provas como o Enem. Mas sim, uma metodologia de avaliação específica de cada instituição.

Tempo de curso: 2 a 3 anos

Leitura sugerida

Gestão da Qualidade ISO 9001: 2015: Requisitos e Integração com a ISO. Luiz
César Ribeiro Carpinetti, Mateus Cecilio Gerolamo

Gestão da Qualidade: Conceitos e Técnicas - Luiz César Ribeiro Carpinetti

Legenda:

CPC – Conceito Preliminar de Curso ① ② ③ ④ ⑤ 

O CPC é o indicador do Ministério da Educação que mede a qualidade dos cursos. Ele varia de 1 (menor valor) a 5 (maior valor). Ele está informado na ficha do curso para todas as graduações que tinham esse indicador disponível (fonte: site do Inep, anos 2014, 2013 e 2012). 

Cifrões – Referem-se às faixas de preço da mensalidade:

$ - Até 500,00 reais

$$ - De 500,01 a 750,00 reais

$$$ - De 750,01 reais a 1.000,00 reais

$$$$ - De 1.000,01 a 1.500,00 reais

$$$$$ - Acima de 1.500,01 reais

n/i - Valor não informado

Publicidade