Assine com até 65% de desconto

Silvicultura

Este tecnólogo tem campo de atuação bastante semelhante ao do engenheiro florestal, mas com foco em silvicultura

Por Redação Atualizado em 22 Maio 2019, 17h12 - Publicado em 4 jun 2012, 14h48
GE/Guia do Estudante

Este tecnólogo tem campo de atuação bastante semelhante ao do engenheiro florestal, mas com foco em silvicultura – ou seja, no planejamento, no gerenciamento e na supervisão dos processos de melhoramento e manejo de florestas. Ele atende a demandas rurais, urbanas e industriais, sempre com foco no uso sustentável das matas.

Determina a melhor forma de plantar e produzir mudas, evitar pragas e doenças que possam atacar as florestas e controlar a qualidade da madeira. Pode trabalhar também no reflorestamento de áreas destinadas à exploração comercial pela indústria. Nos centros urbanos, trabalha em secretarias municipais, na produção de mudas e arborização, muitas vezes em parceria com o engenheiro.

Também gerencia programas de preservação, conservação e reflorestamento de vegetação nativa ou exótica. O currículo do curso tem disciplinas específicas em solo, ecologia, meteorologia, botânica, genética e melhoramento florestal. Para se graduar, são exigidos trabalho de conclusão e estágio supervisionado.

Duração média: 3 anos.

  • Curso

    Legenda:

    CPC – Conceito Preliminar de Curso ① ② ③ ④ ⑤ 

    O CPC é o indicador do Ministério da Educação que mede a qualidade dos cursos. Ele varia de 1 (menor valor) a 5 (maior valor). Ele está informado na ficha do curso para todas as graduações que tinham esse indicador disponível (fonte: site do Inep, anos 2014, 2013 e 2012). 

    Cifrões – Referem-se às faixas de preço da mensalidade:

    $ - Até 500,00 reais

    $$ - De 500,01 a 750,00 reais

    $$$ - De 750,01 reais a 1.000,00 reais

    $$$$ - De 1.000,01 a 1.500,00 reais

    $$$$$ - Acima de 1.500,01 reais

    n/i - Valor não informado

    Você também pode se interessar por:

    Publicidade