Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Apenas 25 instituições receberam nota máxima no Enade

Avaliação afere a qualidade dos cursos oferecidos

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h33 - Publicado em 13 jan 2011, 13h11

Apenas 25 de 1793 instituições superiores de ensino avaliadas em 2009 pelo Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) alcançaram nota máxima.

Foram avaliados 6.804 graduações em Administração, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Economia, Comunicação Social, Design, Direito, Estatística, Música, Psicologia, Relações Internacionais, Secretariado Executivo, Teatro e Turismo.

De cursos tecnológicos, foram avaliados Design de Moda, Gastronomia, Gestão de Recursos Humanos, Gestão de Turismo, Gestão Financeira, Marketing e Processos Gerenciais.

– Confira os cursos com os melhores e os piores resultados no Enade 2009

– Veja como foi o exame em 2010

O exame é aplicado a alunos ingressantes e concluintes de cursos superiores com o objetivo de conferir a qualidade do ensino oferecido. Cada graduação recebe uma nota em uma escala de 1 a 5, sendo que 1 e 2 são considerados desempenho insatisfatório; 3, razoável; e 4 e 5, bom.

– MEC retira autonomia administrativa de 15 universidades após resultados ruins no Enade 2009

Os cursos com nota 5 representam 5,5% do total. Os que tiveram nota 4 são 17,8%; com nota 3, 44,2%; com nota 2, 28,4%; e com nota 1, 3,93%. Há ainda 1.260 graduações que ficaram sem conceito, porque não houve número suficiente de alunos participando da prova.

Continua após a publicidade

Universidades como a Universidade de São Paulo (USP) não participam da avaliação por não concordarem com o exame.

Veja a lista de instituições com nota máxima:

Nome Sigla Estado Pública/Privada
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS UFSCAR SP PÚBLICA
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA UFV MG PÚBLICA
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UFMG MG PÚBLICA
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS RS PÚBLICA
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO UFRJ RJ PÚBLICA
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO UNIFESP SP PÚBLICA
UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS UFLA  MG PÚBLICA
UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO  UFTM  MG PÚBLICA
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE UFCSPA  RS PÚBLICA
 CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ  USJ  SC  PÚBLICA
 FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO  FAMERP  SP  PÚBLICA
 ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS DE SÃO PAULO  FGV-EAESP  SP  PRIVADA
 INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA  ITA  SP  PÚBLICA
 INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA  IME  RJ  PÚBLICA
 FACULDADE JESUÍTA DE FILOSOFIA E TEOLOGIA  FAJE  MG  PRIVADA
 ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO  EG  MG  PÚBLICA
 FACULDADE DE ECONOMIA E FINANÇAS IBMEC FACULDADES IBMEC  RJ  PRIVADA
 INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA  INSPER  SP  PRIVADA
 FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS  FACAMP  SP  PRIVADA
 ESCOLA BRASILEIRA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS  EBAPE  RJ  PRIVADA
 ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO  DIREITO GV  SP  PRIVADA
 ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO  EESP  SP  PRIVADA
 FACULDADE DE ODONTOLOGIA SÃO LEOPOLDO MANDIC  SLMANDIC  SP  PRIVADA
 FACULDADE FUCAPE  FUCAPE  ES  PRIVADA
 ESCOLA BRASILEIRA DE ECONOMIA E FINANÇAS  EBEF  RJ  PRIVADA

Sem Fies

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), quase 1.700 cursos que obtiveram notas insatisfatórias no Enade não poderão mais contar com o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), que permite ao aluno de baixa renda financiar os estudos em faculdades privadas.

Os estudantes que já fazem cursos com notas baixas e utilizam o Fies vão permanecerem com o financiamento. Entretanto, a instituição de ensino não poderá receber novos universitários por meio do programa.

*com informações da Agência Brasil

LEIA TAMBÉM

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade