logo-ge

Bolsas para estudar fotografia em Nova York com tudo pago

As inscrições vão até 15/10!

A organização estadunidense Magnum Foundation abriu inscrições para sua bolsa de projetos anual, voltada à justiça social. O programa dá aos participantes a chance de estudar fotografia em Nova York com tudo pago. O prazo para application, na edição de 2020, é de 15 de outubro.

Os interessados precisam demonstrar interesse em usar seu trabalho para promover avanços nos direitos humanos. Para ser elegível, não é necessário ter formação superior em fotografia. Entretanto, candidatos devem ser profissionais em início de carreira, em áreas correlatas. Entre as categorias listadas pela Magnum Foundation, estão documentaristas, jornalistas, artistas, acadêmicos e ativistas que incorporem fotografia em seu trabalho.

Como se candidatar para estudar fotografia em Nova York

A organização americana responsável pela iniciativa dá preferência a quem não tem formação na área. Applications de grupos minoritários na fotografia documental também são encorajados, como é o caso de refugiados e pessoas LGBTQ. Há, entretanto, requisitos quanto à proficiência em inglês. Isso porque, ao estudar fotografia em Nova York, o participante deve estar preparado para interagir no idioma.

Além de preencherem um formulário padrão, disponível no site da Magnum Foundation, os candidatos passam por uma segunda fase de seleção. Nela, são entrevistados por membros da fundação, que checam o nível de fluência em língua inglesa.

Como funciona o programa

A iniciativa divide-se em três fases. Primeiro, os escolhidos pelo comitê da instituição americana organizam workshops online com orientações iniciais, entre os meses de março e maio. Depois disso, chega o momento de estudar fotografia em Nova York.

No dia 1 de junho, os bolsistas embarcam para a escola de jornalismo da CUNY (City University of New York). Essa etapa dura um mês e permite que os participantes tenham aulas técnicas e de desenvolvimento de projetos, assim como discussões teóricas. A partir daí, os jovens selecionados retornam a seus países de origem para conduzir os projetos.

Por fim, os alunos completam seus projetos de usar a fotografia para promover a justiça social junto a suas comunidades. Nessa etapa, eles continuam a receber apoio da Magnum Foundation conforme necessário, assim como mentoria dos profissionais da fundação.

Vale lembrar que, ao estudar fotografia em Nova York, os participantes contam com apoio financeiro da Magnum Foundation. Ficam a cargo da instituição despesas como passagens aéreas, acomodação e um auxílio em dinheiro para que o estudante se mantenha na metrópole americana.

Para saber detalhes e se inscrever, basta acessar o site do programa.

 

Este texto foi originalmente publicado no Portal Estudar Fora, da Fundação Estudar, parceira do GUIA DO ESTUDANTE.