Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Ciência sem Fronteiras abre inscrições para vagas na Suécia, Hungria e Noruega; novo edital não inclui cursos em ciências humanas

Inscrições começam no dia 27 de novembro e vão até 14 de janeiro de 2013

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h51 - Publicado em 22 nov 2012, 15h47

Pela primeira vez, o Programa Ciência sem Fronteiras abre inscrições para bolsas de graduação-sanduíche na Suécia, Hungria e Noruega para o ano que vem. Os interessados também poderão se inscrever para estudar na Austrália, Alemanha, Canadá, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Itália, Japão, Portugal e Reino Unido.

– Ciência sem Fronteiras já concedeu 18 mil bolsas de estudo

O período vai de 27 de novembro a 14 de janeiro de 2013. Desta vez, foi definida uma lista de cursos específicos elegíveis à concessão da bolsa – e os cursos que não estiverem listados ficarão de fora da seleção. Antes, eram consideradas somente áreas temáticas.

Esta lista excluiu cursos da área de ciências humanas, como Publicidade, Artes Plásticas, Cinema e Jornalismo. Carreiras da área de saúde, como Enfermagem e Fisioterapia, também ficaram de fora. A justificativa é que esses cursos no Brasil não têm lacunas a serem preenchidas e que o foco do programa é a área de ciências exatas, engenharias e tecnológicas.

>> Confira a lista de cursos específicos de graduação aqui.

Datas

Os bolsistas selecionados receberão mensalidade de bolsa, auxílio-instalação, auxílio para aquisição de passagens aéreas e auxílio seguro saúde. Os que farão curso de idioma iniciarão suas atividades no exterior a partir de meados de 2013. Nestes casos, a bolsa será de 15 meses. O restante irá em setembro de 2013, com duração de 12 meses.

Continua após a publicidade

Vagas na china

O Ciência Sem Fronteiras também deverá oferecer 1.000 bolsas de estudo em universidades chinesas em 2013, de acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Ainda não foi divulgado o calendário para inscrições nem quais instituições estarão disponíveis.

O Programa

Lançado em dezembro de 2011, o Ciência sem Fronteiras já concedeu cerca de 18 mil bolsas. A meta do programa é oferecer 101 mil bolsas até 2015. Serão 75 mil por parte do governo federal e o restante com ajuda da iniciativa privada. A expectativa até o fim deste ano é chegar a 20 mil bolsas, com investimento aproximado de R$ 1,12 bilhão.

Clique aqui para saber mais sobre cada chamada.

LEIA MAIS:

– Notícias de vestibular e Enem

 

Continua após a publicidade
Publicidade