Clique e assine GE Play por R$16,90

CNJ lança cartilha sobre bullying

Texto sobre perseguição física e psicológica faz parte do projeto Justiça na Escola

Por da redação - Atualizado em 16 Maio 2017, 13h26 - Publicado em 20 out 2010, 14h00

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão ligado ao Poder Judiciário brasileiro, lançou nessa quarta-feira uma cartilha sobre bullying (violência física ou psicológica contra pessoa incapaz de se defender), que traz orientações para pais e educadores sobre como tratar o problema, hoje muito comum nas escolas.

O material, que está disponível no site do CNJ, é de autoria da psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva e traz perguntas e respostas que ajudam a identificar e tratar o problema. A psiquiatra também é autora do livro “Bullying: Mentes Perigosas nas Escolas”.

– Rio Grande do Sul quer criar pacote de medidas ‘antibullying’

A cartilha sobre bullying faz parte do projeto Justiça na Escola, criado pelo CJN, que tem como objetivo aproximar o Judiciário e as instituições de ensino do país no combate e prevenção dos problemas que afetam crianças e adolescentes.

O Justiça na Escola é promovido pelo CNJ em parceria com as Coordenadorias de Infância e Juventude dos Tribunais de Justiça de todo o país, associações de magistrados e órgãos ligados à educação.

Leia aqui a cartilha sobre bullying.

LEIA TAMBÉM

– Pais pagarão R$ 8 mil a garota humilhada por filho

– Notícias de Vestibular e Enem

Leia mais:
– Danilo Gentili: ‘meu livro incentiva o bullying’
– Teste: Bullying: você é vítima ou agressor?

Continua após a publicidade
Publicidade