Assine com até 65% de desconto

Conselho de Graduação da USP aprova a criação de três novos cursos de Engenharia

Medida precisa de aval do Conselho Universitário entrar em vigor

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h26 - Publicado em 22 jun 2011, 13h00

O Conselho de Graduação da Universidade de São Paulo (USP) aprovou na última terça-feira (21) a criação de três novos cursos de Engenharia, Ambiental, Física e de Produção, na Escola de Engenharia de Lorena, no interior de São Paulo.

– Fuvest não usará nota do Enem no vestibular 2012

– USP aprova mudanças no vestibular da Fuvest

– Mudanças no vestibular da Fuvest valorizarão estudantes que vão bem na primeira fase

A ideia é que cada um dos bacharelados tenha 40 vagas. Segundo a direção da unidade, a proposta é um “desdobramento natural” de áreas em que a escola tem grupos de pesquisa atuantes há cerca de 10 anos.

Continua após a publicidade

Além da criação de novos cursos, o Conselho de Graduação também aprovou a transferência do curso de Engenharia de Petróleo da Escola Politécnica, hoje na Cidade Universitária, para Santos, no litoral paulista.

Com a mudança, o bacharelado passará a ser oferecido de forma independente na Fuvest, inicialmente, com dez vagas. A Poli planeja ampliar o número de cadeiras do curso para 50 a partir de 2013.

Também está em discussão na escola o aumento de 10 para 30 na quantidade de vagas do curso de Engenharia de Minas, que continuará na capital. Atualmente, o estudante presta vestibular para Engenharia na Poli e só escolhe a especialidade em Petróleo ou Minas após um ano.

Para valerem mesmo, as medidas precisam do aval do Conselho Universitário, instância máxima da USP, que discutirá essas questões na próxima terça-feira (28). Caso as sugestões forem acolhidas, o próximo vestibular da Fuvest, que terá a sua primeira fase em 27 de novembro, já oferecerá os novos cursos.

*Com informações de O Estado de S.Paulo

LEIA TAMBÉM

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade