Clique e assine GE Play por R$16,90

Estudantes comentam primeiro dia de prova da segunda fase da Unicamp 2012

Por GUILHERME DEARO - Atualizado em 16 Maio 2017, 13h30 - Publicado em 15 jan 2012, 16h58

Os estudantes que fazem a segunda fase do vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) 2012, têm quatro horas por dia para resolver as 24 questões dissertativas, das 13h às 17h. O horário mínimo de saída é 15h30, mas os candidatos que estavam fazendo o exame no prédio da Unip, na unidade Paraíso, em São Paulo, não deram muita bola para esse detalhe: às 16h10 apenas 15 estudantes já tinham terminado a prova.

Fernando Matsuoka, 18 anos, está prestando para Educação Física e considerou a prova, no geral, fácil. “Língua portuguesa e literatura foram tranquilas. Matemática até que estava fácil, mas as questões que cobraram geometria estavam complicadas”, comenta Fernando.

Felipe Gomes, de 17 anos, também achou a prova fácil. “Matemática não estava difícil, sim maçante. Muito ‘conteudista’, sem graça, era só deduzir fórmulas, coisas do tipo. Na prova da Fuvest, ao contrário, matemática exigia um raciocínio longo e elaborado para se chegar à resposta”, analisa.

Felipe terminou o ensino médio agora e presta vestibular pela primeira vez, para o curso de Gestão de Políticas Públicas. “Estou bem tranquilo, confiante. Além da Unicamp, prestei USP e fiz Enem, por causa do Sisu e também para conhecer o formato da prova”, comenta.

Já Elisa Mendes, de 17 anos, considerou a prova tranquila, mas cansativa. “Eram 24 questões, todas com parte A e B, ou seja, bem longa”, afirma. A estudante, que está prestando para Artes Cênicas, acha que a prova da Unicamp foi bem objetiva em comparação à prova da USP, mais subjetiva.

“Em literatura cobraram praticamente todos os livros da lista obrigatória. Semântica caiu bastante também. Em matemática não sou muito boa, mas achei tranquilo. Então deve ter sido bem fácil para quem entende”, comenta Elisa em tom bem humorado.

Continua após a publicidade

A estudante ainda fez uma crítica a uma das regras do vestibular: “Muito ruim essa regra de não poder nem trazer o celular. O que custa desligar e deixar na bolsa, não é mesmo? Mas, enfim, não pode trazer mesmo, senão é desclassificado da competição”. Ela ri quando percebe que usou o termo ‘competição’. “Quer dizer, da prova…”.

– Confira as fotos do primeiro dia da segunda fase da Unicamp 2012

Segunda fase continua amanhã (16) e na terça-feira (17)

Na segunda-feira (16), os candidatos respondem a questões de Ciências Humanas e Arte (18 questões) e Inglês (6 questões). Na terça (17), serão 24 questões de Ciências da Natureza.

O que levar

Na segunda fase, os candidatos deverão levar o original do documento indicado na inscrição, caneta esferográfica de cor preta em material transparente, lápis preto, borracha, uma pequena régua transparente e compasso.

É vedada a utilização de aparelhos celulares ou quaisquer outros equipamentos eletrônicos, relógios digitais, corretivo líquido, lapiseira, bandana/lenço, boné, chapéu, ou outros materiais estranhos à prova. O candidato poderá usar relógio analógico para controlar o tempo. Atenção: é proibido que os candidatos entrem nas salas de prova portando celulares. O candidato que for pego com celular (ainda que desligado), durante a realização das provas, será eliminado do vestibular.

Resultados

A divulgação da primeira chamada está prevista para 6 de fevereiro. No dia 8 serão publicadas as notas da segunda fase e a classificação geral dos candidatos.

LEIA TAMBÉM
– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade