Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Estudantes da classe C e D são maioria nas universidades brasileiras

Pesquisa foi realizada pelo instituto Data Popular, de São Paulo

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h49 - Publicado em 30 nov 2010, 12h33

Um estudo realizado pelo instituto Data Popular, empresa paulista que pesquisas sobre o mercado popular brasileiros, mostrou que os estudantes da classe C e D já são maioria nas universidades do Brasil. Eles representam 72,4% dos universitários brasileiros. Em 2002, esses estudantes somavam 45,3%.

A pesquisa, realizada a partir de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), também mostra que os estudantes da classe D ultrapassaram o número total de estudantes da classe A nas universidades.

Em 2002, existiam 180 mil alunos da classe D matriculados no ensino superior, contra 885,6 mil da classe A. Sete anos depois, em 2009, a situação se inverteu, eram 887.4 mil da classe D e 423,4 mil da classe A.

Classe A: renda mensal familiar acima de 20 salários mínimos (R$ 10.200).

Classe C: renda mensal familiar entre três e dez salários mínimos.

Classe D: renda mensal familiar entre um e três salários mínimos (de R$ 510 a R$ 1.530).

*Com informações do site do Estadão

LEIA TAMBÉM

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade