Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

“Faltou abrangência nesta primeira prova da Unesp”, afirma coordenador de cursinho

Estudantes realizaram hoje (19/12) provas de Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática

Por por Mariana Nadai Atualizado em 16 Maio 2017, 13h41 - Publicado em 19 dez 2010, 17h49

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) realizou hoje a primeira prova da segunda fase do seu processo seletivo 2011. Os cerca de 29,4 mil candidatos presentes na prova de hoje se depararam com uma avaliação com 24 questões discursivas, 12 de Ciências da Humanas e 12 de Ciências da Natureza e Matemática.

– Veja a correção completa do primeiro dia de provas da segunda fase da Unesp 2011

A prova foi considerada pequena pelo coordenador e professor do cursinho Anglo, de São Paulo, Nicolau Marmo. Para Marmo, o número de questões não é suficiente para uma boa avaliação do candidato. "As questões da Unesp neste ano, de uma fora geral, foram bem elaboradas, mas o maior problema deste vestibular é a falta de abrangência", diz.

De acordo com o coordenador, um dos maiores problemas é o pequeno número de questões de algumas matérias específicas, como biologia e matemática. "Imagine se é possível avaliar um estudante que está prestando Medicina com apenas três questões de biologia, ou então um que está prestando Engenharia, com apenas três questões de matemática", critica Nicolau Marmo.

E o professor vai além em suas observações. "Desta forma, o vestibular acaba virando uma loteria, quem estudou determinado assunto que foi cobrado na prova acabou se dando bem. Mas, aquele que se preocupou eu saber de uma forma mais geral sobre uma matéria se deu mal", afirma.

Faltou Brasil na prova
Outra crítica de Nicolau Marmo é em relação ao baixo número de questões sobre o Brasil no vestibular da Unesp. "A prova teve apenas uma questão de história do Brasil e nenhuma de geografia brasileira. Estamos indo na contra mão dos Estados Unidos: eles só falam sobre eles e nós, só falamos sobre os outros", brinca o coordenador.

A maior dificuldade desta primeira prova da segunda fase da Unesp ficou para as questões de filosofia. "Foram quatro perguntas desta matéria e eram questões difíceis. Os estudantes que fizeram um bom curso de filosofia foram bem. Mas, infelizmente, não são todas as escolas que ministram aula desta matéria", diz Nicola Marmo.

A segunda fase do vestibular 2011 da Unesp continua nesta segunda-feira (20/12), quando os candidatos farão uma prova com 12 questões discursivas de Linguagens e Códigos e uma redação.

LEIA TAMBÉM

– Notícias de Vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade