Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Fuvest 2021: Literatura difícil e mais atualidades na 2ª fase

A parte de gramática da prova foi considerada mais fácil por especialistas

Por Juliana Morales Atualizado em 9 mar 2021, 16h36 - Publicado em 21 fev 2021, 22h19

Apesar da pandemia, a taxa de abstenção para o primeiro dia da segunda fase da Fuvest 2021, neste domingo (21), ficou dentro da média histórica, com 7,69%. Isso não significa que os estudantes não encontraram mais obstáculos neste ano. Como mostramos aqui no GUIA, os candidatos que sonham com uma vaga na USP precisaram superar os desafios e adaptar os estudos nesse momento atípico. Henrique Braga, professor do Anglo, diz que o contexto impactou a banca, que se preocupou em ser acessível e considerar as dificuldades dos estudantes, mais do que em provas anteriores.

“Isso não quer dizer que a avaliação foi fácil, mas foi uma prova preocupada em abordar atualidades e repertório dos estudantes, buscando deixar os candidatos mais confortáveis com os textos”, esclarece Braga. Entre os assuntos abordados pelas questões, estavam queimadas da Amazônia, rompimento da barragem em Minas Gerais, acesso à internet na pandemia e falta de espaço adequado para o estudo.

Em uma das questões, a Fuvest usou a capa e trecho da SUPERINTERESSANTE, da mesma editora que o GUIA, para abordar um tema bem próximo dos estudantes: o uso de smartphone e seus efeitos e consequências. O texto comparava o uso do equipamento com o vício em cigarros e caça-níqueis.

Wander Azanha, coordenador da Oficina do Estudante, avalia que a parte de Gramática foi mais tranquila. “A banca deixou de lado as raízes normativas e explorou as competências de leitura e interpretação de textos. Mas, ainda assim, foi possível observar questões de gramática na prova, como uma que tratava sobre a formação de palavras”, observa.

Já Literatura foi considerada uma prova difícil, como a Fuvest costuma cobrar, segundo Azanha. “O candidato precisava ter lido, estudado e entendido a obra para resolver as questões”, afirma.

O professor Paulo Oliveira, do Curso Anglo, concorda que a parte de Literatura exigiu habilidades muito sofisticadas de leitura e de interpretação. “Os textos, por si só, ofereciam desafios para os alunos, porque as questões exploravam por sutilezas de significados e também um conhecimento profundo do enredo”, diz.

Continua após a publicidade

Azanha e Oliveira destacaram uma questão de Quincas Borba, do Machado de Assis, que apresentou um trecho bem difícil, com um enunciado trabalhoso para os candidatos resolverem.

+ Confira a correção do primeiro dia da segunda fase da Fuvest 2021

Redação

Nesta edição a proposta de redação da Fuvest questiono o candidato se o mundo contemporâneo está fora da ordem. O tema contou com uma coletânea de cinco textos, incluindo uma parte de um discurso da ativista Greta Thunberg sobre as mudanças climáticas e um excerto sobre o neoliberalismo, tema de que tratamos no GUIA recentemente. Confira a análise completa da redação da Fuvest 2021 neste link.

  • Quero Bolsa | Graduação, pós-graduação e técnico. Bolsas de Estudo com desconto de até 75% em mais de 1100 faculdades em todo o Brasil. Saiba mais!

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade