Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Golpe militar completa 47 anos

Entenda como começou a ditadura no Brasil, assunto recorrente nos principais vestibulares

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h45 - Publicado em 31 mar 2011, 17h21

A ditadura militar no Brasil começou dia 31 de março de 1964, há exatos 47 anos, quando os militares deram um golpe de Estado e depuseram o presidente João Goulart (Jango). Nesse período, o país atravessava uma fase de profunda agitação política que começou com a renúncia do presidente Jânio Quadros em 1961 e culminou com a reação dos setores mais elitizados da sociedade ao perfil de Jango e seus projetos de governo.

Jango assumiu a presidência do país sob a condição de governar em regime parlamentarista (chefiado por um primeiro-ministro). Ao vencer um plebiscito em 1963, reestabeleceu o presidencialismo no Brasil. Faziam parte de seus planos as reformas de base, que pretendiam reduzir as desigualdades sociais brasileiras. Entre elas, estavam as reformas bancária, eleitoral, universitária e agrária.

– Presidentes da ditadura militar

As reformas de Jango tinham como objetivo controlar a remessa de dinheiro para o exterior, dar canais de comunicação aos estudantes e permitir que os analfabetos, maioria da população, votassem.O país passou a viver um momento de radicalização política, com manifestações da parcela mais conservadora da população contra as medidas que Jango queria implementar. Sob o pretexto de deter a ameaça comunista no Brasil, uma junta militar assumiu o poder após o golpe das Forças Armadas.

– Quiz – Ditadura militar – 5 questões

Em 1º de abril de 1964, uma onda de repressão atingiu entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a Central Geral dos Trabalhadores (CGT). Nesse dia, foi decretado o Ato Instucional nº1 (AI-1), que depôs o presidente e iniciou as cassações dos mandatos políticos. No mesmo mês, o marechal Castello Branco foi empossado presidente com um mandato até 24 de janeiro de 1967.

LEIA MAIS

-Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade