logo-ge

Governo do México oferece bolsas para intercâmbio

As inscrições vão até 27/9

O Ministério das Relações Exteriores do México, através da Agência Mexicana para Cooperação e Desenvolvimento Internacional (AMEXCID), está recebendo inscrições para bolsas para estudar no México. As candidaturas devem ser enviadas até o dia 27 de setembro para a Embaixada do México no Brasil.

As bolsas são para programas de mestrado (até 2 anos), doutorado (3 ou 4 anos, dependendo do programa) e de mobilidade estudantil de nível de graduação (até um semestre). Há também opções para especialização e aprimoramento profissional, com um ano de duração. No total, estão disponíveis programas em mais de 100 instituições de ensino superior do país.

O benefício inclui o valor total da matrícula e anuidade das instituições, seguro saúde, transporte da cidade do México até a cidade final de destino e um valor mensal para manutenção no país, que vai de 10.274 a 12.842 pesos mexicanos (cerca de R$ 2.140 a R$ 2.670 na cotação atual). Os valores menores são para bolsas de mestrado, mobilidade estudantil e especialização ou aprimoramento profissional; os maiores, para doutorado. As despesas com passagens aéreas não são cobertas pela bolsa.

Como se candidatar às bolsas para estudar no México

Para se candidatar, é preciso ter sido aceito para o programa desejado em uma das instituições participantes e comprovar excelência acadêmica (média ponderada mínima de 80 pontos de 100). A candidatura deve ser enviada em espanhol, ou com tradução para espanhol, e os selecionados serão informados pela Embaixada do México no Brasil.

Entre os documentos solicitados estão um formulário de solicitação da bolsa, uma carta de motivação, currículo, a carta de aceite da instituição mexicana e uma cópia do último diploma recebido (por exemplo, diploma de graduação, para quem se candidata ao mestrado; ou de mestrado para quem se candidata ao PhD).

Também é necessário enviar histórico acadêmico e algum comprovante de proficiência em espanhol – embora seja oferecido também um curso intensivo do idioma antes do início do curso acadêmico. O candidato também deve assinar uma carta comprometendo-se a voltar a seu país de origem ao fim dos estudos.

As inscrições podem ser feitas online. Os candidatos selecionados para as bolsas para estudar no México serão notificados a partir de 15 de janeiro de 2020. Devem então iniciar seus estudos entre março e dezembro de 2020.

Confira mais informações no edital.

 

O texto foi originalmente publicado no portal Estudar Fora, da Fundação Estudar, parceira do GUIA. 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Uau, que interessante! Eu adoraria tentar, mas sinto que não é a hora. Estranho, sempre quis tentar algo assim e quando aparece eu não sinto vontade. Muitíssimo obrigada por compartilhar!

    Curtir