Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Ibmec está com inscrições abertas para o Enem Solidário

Os candidatos podem usar a nota do Enem para estudar na instituição e ainda contribuem com uma iniciativa social

Por Taís Ilhéu Atualizado em 10 dez 2019, 11h51 - Publicado em 9 dez 2019, 16h11

O Ibmec, uma das faculdades particulares mais famosas na área de negócios e finanças no Brasil, resolveu fazer um processo seletivo um pouco diferente este ano. Nomeado “Enem Solidário”, ele selecionará os futuros estudantes da faculdade pela nota do Enem, mas também terá como uma das finalidades arrecadar fundos para a Amigos do Bem — instituição que trabalha com políticas educacionais para erradicar a fome no sertão. As inscrições devem ser feitas no site do Ibmec e o candidato pode optar por pagar R$ 50 ou doar 5 quilos de alimentos não perecíveis presencialmente. 

Segundo o Diretor de Admissões do Ibmec, Andre Pedriali, o objetivo é que os futuros estudantes da instituição já tenham contato com iniciativas de impacto social desde seu ingresso. Os representantes da Amigos do Bem também destacam que iniciativas como esta ajudam a formar cidadãos mais conscientes.

Processo seletivo

Mas, afinal de contas, como funciona o Enem Solidário? Para começo de conversa, os estudantes que quiserem se candidatar precisam ter concluído ou estarem no último ano do Ensino Médio. Além disso, como uma das etapas do processo requer a nota do Enem, eles precisam ter feito a edição de 2019.

Uma vez inscritos, os candidatos passarão por duas etapas de seleção. Na primeira, terão suas habilidades socioemocionais testadas por meio de dinâmicas em grupo e resolução de problemas propostos. Na segunda (que tem peso maior e corresponde à 70% da pontuação) as notas do Enem serão avaliadas. 

Alguns dos cursos oferecidos pelo IBMEC são Economia, Finanças, Administração, Direito, Relações Internacionais, Engenharia, Comunicação e Arquitetura. O processo seletivo Enem Solidário está sendo realizado nas unidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo.

Continua após a publicidade
Publicidade