Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Incêndio atinge campus da UFRJ

Prédio da universidade foi tombado em 1972

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h46 - Publicado em 28 mar 2011, 16h57

Atualizado em 28 de março, às 17h50.

Um incêndio atinge o campus Praia Vermelha, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O fogo, que começou no início da tarde de hoje na capela do Palácio Universitário, já se estendeu para o Fórum de Ciência e Cultura (FCC) e a Faculdade de Educação (FE), no segundo andar do prédio. Carros do Corpo de Bombeiros já estão no local, que foi totalmente evacuado, para tentar controlar o fogo. Segundo a assessoria de imprensa da instituição, não há registro de vítimas e aulas foram suspensas, sem previsão de volta.

As causas do incêndio ainda não foram esclarecidas. Mas, em nota, a UFRJ afirmou que o prédio passava por obras de restauração. Ainda segundo nota, caso seja comprovada a relação entre as obras e o sinistro, a universidade estuda a possibilidade de tomar medidas judiciais contra a empresa contrada pelas obras.

O campus abriga a Decania do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE), a Biblioteca Pedro Calmon, o Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBi) da UFRJ, a Editora UFRJ, além de unidades acadêmicas como a Escola de Comunicação (ECO), Faculdade de Administração e Ciências Contábeis (Facc), Faculdade de Educação (FE), Fórum de Ciência e Cultura (FCC) e o Instituto de Economia (IE).

O Palácio Universitário foi criado, originalmente, para abrigar um hospital para doentes mentais, a Santa Casa de Misericórdia, inaugurado em 1855 por D. Pedro II. O hospital funcionou até 1944, quando foi desativado. Quatro anos depois, foi ocupado pela UFRJ, na época chamada de Universidade do Brasil. Em 1972 o prédio foi tombado, tornando-se patrimônio histórico nacional.

LEIA TAMBÉM

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade