Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Inep avalia 17,2% das instituições de ensino superior com nota insuficiente em índice de qualidade

No total, 270 cursos terão seus vestibulares suspensos até ocorrer melhorias

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h26 - Publicado em 6 dez 2013, 14h16

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou, no Diário Oficial da União desta sexta-feira (6), o Índice Geral de Cursos (IGC) das instituições de educação superior referentes ao ano de 2012. Os resultados mostram que 73,4% obtiveram conceitos 3, 4 e 5, considerados satisfatórios. No outro extremo, 17,2% das 2.171 instituições avaliadas tiveram avaliações insatisfatórios (conceitos 1 e 2). Os outros 9,6% ficaram sem conceito.

– MEC anuncia suspensão de ingresso de estudantes em 270 cursos de graduação do país

O IGC leva em conta a média ponderada do Conceito Preliminar de Curso (CPC) – também divulgado – e os conceitos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), responsável por avaliar os programas de pós-graduação das instituições.

Os resultados podem ser consultados nas tabelas divulgadas pelo Inep. Estão divididos conforme universidades, centros universitários, faculdades e cursos com CPC. No CPC, o desempenho dos alunos representa 55% do total, a infraestrutura, 15% e o corpo docente, 30%. No quesito docentes, a quantidade de mestres pesa 15%; a dedicação integral, 7,5% e o número de doutores, também 7,5%.

De acordo com os dados do CPC, 71,6% dos cursos apresentaram desempenho satisfatório, com os conceitos 3, 4 e 5. Foram avaliados 8.184 cursos de 1.762 instituições nas áreas de ciências sociais aplicadas e ciências humanas, além dos eixos tecnológicos de gestão e negócios, apoio escolar, hospitalidade e lazer, produção cultural e design.

Continua após a publicidade

Problemas

Os cursos com nota insatisfatória irão passar por supervisão do MEC. Aqueles que, após a supervisão, repetirem o desempenho ruim na segunda avaliação terão seus vestibulares suspensos.

Este ano, 270 cursos tiveram seus processos seletivos suspensos por terem tirados notas ruins novamente. Desses, 152 poderão reabrir seus vestibulares após um acordo de melhorias com o ministério.

Os cursos com desempenho insatisfatório terão que firmar um protocolo de compromisso, com um plano de melhorias e medidas a serem tomadas em curto e médio prazo.

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade