Clique e assine GE Play por R$16,90

Lápis e borracha são proibidos no Enem

Candidato deverá utilizar apenas caneta esferográfica preta para realizar o exame

Por por Mariana Nadai - Atualizado em 16 Maio 2017, 13h25 - Publicado em 22 out 2010, 17h37

Se você está acostumado a resolver provas com lápis e borracha, esqueça. Pelo menos durante o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Esse ano, o candidato que realizar o exame só poderá entrar no local da prova munido de caneta esferográfica preta. De acordo com o edital do Enem 2010, durante a realização do exame “não será admitida” a utilização desses materiais.

– Entenda o que é e para que serve o Enem

A medida causou estranheza. Essa é a primeira vez que acontece uma proibição desse tipo no exame. Inclusive, até 2009, os estudantes que realizassem o Enem eram instruídos a levar além da caneta esferográfica com tinta preta, um lápis nº 2 e uma borracha.

FIQUE ATENTO!
Além do lápis e da borracha, durante a prova não será permitida a consulta ou comunicação entre os(as) participantes. Também não serão permitidas as utilizações de relógios, apontador, lapiseira, grafite, livros, manuais, impressos, anotações, máquinas calculadoras e agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, pagers, bip, walkman, gravador, mp3 ou similar ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens.

– Resolva o Simuladão Enem Guia do Estudante 2010

Segundo a assessoria de imprensa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela elaboração e execução do Enem, a nova medida responde a uma questão técnica. O uso da caneta preta para responder as questões da prova permite maior qualidade no escaneamento do cartão-resposta, além de garantir uma uniformidade entre os candidatos.

– O que você achou da medida? Comente no fórum

Continua após a publicidade

 

Como funciona em outras provas?
De acordo com o manual do candidato do vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), o maior do país, os candidatos devem levar para as provas da 1ª e da 2ª fase caneta esferográfica azul ou preta, lápis nº 2 e borracha.

No caso da Fuvest, o uso do lápis não só é permitido, como é essencial. Até o vestibular passado, o gabarito deveria ser preenchido apenas com o lápis nº 2. Mas, isso pode mudar. Segundo a assessoria do vestibular, o uso do lápis durante a prova vai de acordo com a tecnologia usada na leitura óptica do gabarito. “Até hoje, sempre usamos uma máquina que faz a leitura do grafite, mas ainda não sabemos como será na Fuvest 2011”, diz o professor José Coelho Sobrinho, assessor de comunicação da Fuvest.

De qualquer forma, caso o gabarito do vestibular venha a ser preenchido a caneta, o assessor da Fuvest explica que o candidato poderá continuar levando o lápis e a borracha para a prova. “Se isso faz com que o estudante se sinta mais seguro, mais relaxado para fazer o exame, ele poderá continuar levando esse tipo de material sem problema algum”, diz.

LEIA TAMBÉM

– Fuvest e Unicamp não usarão Enem este ano

– Notícias de Vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade