logo-ge

Mackenzie: candidatos citam erros e não conseguem fazer vestibular digital

Inscritos relataram no Twitter que o site da prova online não funcionava direito

A Universidade Presbiteriana Mackenzie entrou nos assuntos mais comentados do dia no Twitter, no Brasil. Mas não por um bom motivo: estudantes usaram as redes sociais para relatar a impossibilidade de realizar o vestibular digital da instituição, nesta segunda-feira (20), por causa de um problema na plataforma da avaliação.

Diante dos impasses causados pela pandemia da covid-19, a Universidade Presbiteriana Mackenzie suspendeu o processo seletivo 2020/2 presencial. Deu, então, como alternativa para os candidatos três modalidades: o uso da nota do Enem ou da nota do vestibular anterior da própria instituição. Ou, caso o estudante não tivesse nenhuma dessas duas notas, uma prova online marcada para esta segunda, às 14h.

Porém, muitos inscritos não conseguiram acessar no dia e hora previsto o site da prova. Segundo os relatos, muitos não tiveram nem como passar do processo de identificação para resolver as questões. 

De acordo com os estudantes, diante do problema, a universidade mandou novos links, mas não adiantou muito.

Outra reclamação dos candidatos é a falta de comunicação em meio à confusão com o site da prova.

Até o momento, a instituição ainda não se pronunciou sobre os problemas com o vestibular online.