Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

MEC divulga a primeira chamada de aprovados no Sisutec

Matrículas devem ser feitas até sexta-feira (16)

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h30 - Publicado em 14 ago 2013, 12h38

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta quarta-feira (14), a primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). São oferecidas 239.732 vagas gratuitas para cursos técnicos em diversas áreas. A segunda convocação será feita em 19 de agosto.

– Confira o resultado do Sisutec

Matrículas

Os convocados nesta chamada devem fazer a matrícula na respectiva instituição de ensino na quinta-feira (15) e na sexta (16). O candidato selecionado pelo Sisutec deverá verificar, junto à instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e procedimentos para matrícula.

Vagas remanescentes

Depois da segunda chamada, que será feita em 19 de agosto, caso ainda restem vagas, elas poderão ser ocupadas por meio da seleção online do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), a partir do dia 22 próximo. As aulas terão início entre 22 de agosto e 21 de outubro.

Balanço

Segundo o balanço geral divulgado pelo MEC, os cursos do Sisutec que apresentaram a maior concorrência foram os de técnico em processos fotográficos (67,20 inscrições por vaga), técnico em petróleo e gás (26,73 inscrições por vaga), técnico em construção naval (19,80 inscrições por vaga) e técnico em óptica (17,45 inscrições por vaga).

Continua após a publicidade

A seguir, a lista de cursos mais procurados:
1º – Segurança do Trabalho – 89.656 inscritos
2º – Informática – 71.850 inscritos
3º – Enfermagem – 63.976 inscritos
4º – Logística – 53.232 inscritos
5º – Radiologia – 33.051 inscritos

O que é o Sisutec

O sistema oferece, nesta primeira edição, 117 cursos de diversas áreas, com duração de 800 a 1,2 mil horas, em 586 instituições, dentre estabelecimentos de educação superior e escolas técnicas particulares; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; escolas técnicas vinculadas a universidades federais; escolas estaduais e municipais e entidades do Sistema S. Todas as instituições têm indicadores positivos no Ministério da Educação.

Os candidatos que cursaram o Ensino Médio completo na rede pública ou em instituições particulares na condição de bolsista integral terão prioridade na ocupação de 85% das vagas oferecidas na seleção, todas gratuitas.

O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para instituições públicas de educação superior.

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade