logo-ge

Os 15 livros mais usados em universidades pelo mundo

Criada por pesquisadores da Universidade Columbia a plataforma Open Syllabus categoriza as obras mais utilizadas em universidades pelo mundo

Criado em 2016, o site Open Syllabus classifica as obras mais utilizadas pelas universidades do mundo inteiro. Ou quase inteiro: já que países considerados por relatórios internacionais “risco para a comunidade acadêmica”, como o Brasil, não são contemplados.

A plataforma é parte de The Open Syllabus Project, uma iniciativa de pesquisadores da organização The American Assembly, afiliada à Universidade Columbia.

Por meio da análise de mais de 7 milhões de programas de instituições de ensino de 80 nações, o site organiza as obras, que podem ser consultadas a partir de filtros como “países”, “autores”, “campo” e até “universidade”. O primeiro livro brasileiro no ranking é “Pedagogia do Oprimido”, do educador Paulo Freire, que também é o terceiro pensador mais citado em trabalhos acadêmicos pelo mundo.

Veja também

Abaixo listamos os 15 livros mais referenciados nas universidades até outubro deste ano, de acordo com o Open Syllabus. Quantos deles você leu?

Os 15 livros mais usados em universidades do mundo

  1. The Elements of Style, de William Strunk Jr
  2. A Writer’s Reference, de Diana Hacker
  3. Cálculo, de James Stewart
  4. Anatomia e Fisiologia, de Elaine Nicpon e Katja Hoehn
  5. A República, de Platão
  6. O Manifesto Comunista, de Karl Marx e Friedrich Engels
  7. A Pocket Style Manual, de Diana Hacker
  8. Frankenstein, de Mary Wollstonecraft Shelley
  9. Ética a Nicômaco, de Aristóteles
  10. Leviatã, de Thomas Hobbes
  11. They Say/I Say: The Moves That Matter in Academic Writing, de Gerald Graff e Cathy Birkenstein
  12. Orientalismo, de Edward W. Said
  13. O Príncipe, de Nicolau Maquiavel
  14. Doing Your Research Project: A Guide for First-Time Researchers in Education and Social Science, de Judith Bell
  15. Os Contos de Cantuária, de Geoffrey Chaucer e Percy MacKaye

Este texto foi originalmente publicado no portal Na Prática, da Fundação Estudar, parceira do GUIA DO ESTUDANTE.