Assine com até 65% de desconto

Resolvendo o dilema das férias de julho: estudar ou descansar?

Confira dicas de especialistas para aproveitar bem o período de descanso que lhe resta e voltar às aulas com muita energia para o segundo semestre

Por da redação, com reportagem de Bruna Saniele e Mariana Nadai Atualizado em 16 jul 2019, 14h29 - Publicado em 16 jul 2013, 15h03

As férias de meio de ano podem ser um alívio para quem está se preparando para o vestibular, mas costumam trazer o velho dilema: esse é um período exclusivamente de descanso ou é necessário manter o ritmo dos estudos? Segundo especialistas ouvidos pelo GUIA DO ESTUDANTE, a resposta depende de como você usou o seu tempo até agora.

Qual é o seu caso?

– “Estudei muito no primeiro semestre e nas primeiras semanas de julho”
Se você aproveitou o primeiro semestre e o começo de julho para estudar bastante, reserve uma semana para descansar e se divertir, como sugere o coordenador do cursinho Anglo em São Paulo, Alberto Francisco do Nascimento. “Todo mundo deve ter pelo menos uma semana de descanso completo, para relaxar, curtir. Mas é para curtir mesmo, sem levar apostila e nem pensar em estudar. A máquina precisa aliviar”, comenta Nascimento.

– “Aproveitei o começo das férias para esquecer o vestibular e me divertir”
Por outro lado, se você já usou parte das férias para a diversão, é hora de usar o resto das férias para retomar o ritmo de estudos, como encoraja a coordenadora do cursinho da Poli, Alessandra Venturi. Use parte da manhã ou da tarde para estudar – isso vai servir como um “aquecimento” antes do último semestre de total dedicação e maratona de provas.

– “Estou com muita matéria acumulada para estudar”
Para os estudantes que pegaram leve demais no primeiro semestre e deixaram matérias atrasadas, as férias podem ser o período de deixar tudo no lugar para não ser deixado para trás já no início do novo semestre. Mesmo assim, não se esqueça daquela semana (ou pelo menos alguns dias) dedicada só a você. Isso é importante para ajudar a recuperar energias.

– “Vou viajar”
Para aqueles que vão viajar, o professor Alberto recomenda que fiquem atentos a questões do dia a dia que podem virar tema de uma prova de vestibular. Por exemplo, os alunos que vão conhecer o Nordeste podem aproveitar para estudar o relevo, clima e vegetação característicos da região. Quem viaja de carro também pode estudar conceitos de física relacionados ao funcionamento do motor ou à inércia após uma freada mais brusca. “O aluno que faz esses tipos de associações sempre acabam se lembrando da matéria”, afirma. Levar umas apostilas a tiracolo pode ser bom, especialmente se essa viagem durar mais que uma semana.

Continua após a publicidade

Conselhos que valem para todo mundo

– Saiba que estas férias não são iguais às outras
“Não dá para se desligar totalmente, o vestibular está aí. Ele está de férias em relação ás aulas do cursinho, mas não deve se esquecer do estudo individual e deve aproveitar o momento em que estaria assistindo a aulas para estudar em grupo ou individualmente”, diz Alessandra Venturi.

– Na hora de estudar, dedique seu tempo a coisas úteis
Segundo Venturi, o estudante deve valorizar o tempo extra que possui e aproveitar para rever as disciplinas em que ainda tem alguma dúvida ou aquelas em que nem começou a estudar. Também é a hora de fazer provas de vestibulares anteriores observando os tempos de cada prova; isso dará um bom diagnóstico de como ele está indo nos estudos e vai lhe ajudar a identificar os pontos em que precisa melhorar e, assim, elaborar uma rotina de estudos mais eficiente.

– Aproveite para ler as obras literárias indicadas e assistir a filmes sobre temas que podem ser cobrados
Muitas das obras literárias indicadas nos vestibulares do país são muito prazerosas de ler, mas com o tempo corrido nem sempre damos a atenção que deveríamos à leitura – ou não conseguimos aproveitá-la. Então essa pode ser uma boa oportunidade para dar uma chance aos clássicos de Carlos Drummond de Andrade, Machado de Assis, Lima Barreto, Ariano Suassuna, Guimarães Rosa, dentre outros. Aproveitar parte do tempo livre para ver filmes que abordam temas que podem cair nos vestibulares também é uma forma de estudar de forma divertida. No blog Divirta-se Estudando, do GUIA, indicamos muitos filmes e outras atividades que o ajudarão a se preparar para a prova de forma prazerosa.

– Não exagere nas horas de estudos durante as férias
Organize sua semana e estude em apenas um horário (ou na parte da manhã, ou depois do almoço), mas com tudo programado, sem um esforço excessivo. “O estudo não deve ser pesado nesse período. Não é preciso se estressar antes do tempo”, diz Nascimento.

– Nas férias ou não, reserve sempre um tempo para o descanso
Venturi também reforça que o estudante nunca deve se esquecer de ter sempre um tempo de descanso, nas férias e fora delas. “Nas devidas proporções, o estudante deve ter tempo sempre para a sua vida social, para se alimentar adequadamente e, claro, dormir bem. No começo do ano é possível sair mais, mas com a proximidade do vestibular, o ideal é priorizar os estudos”, comenta.

 

Continua após a publicidade
Publicidade