Assine com até 65% de desconto

Saiba quais são os destinos mais procurados por universitários brasileiros

Pesquisa avaliou o perfil e as aspirações dos universitários brasileiros quanto a estudar no exterior

Por Redação Atualizado em 30 out 2020, 14h02 - Publicado em 1 nov 2020, 10h02

Uma pesquisa realizada recentemente pela University of Southern California avaliou o perfil e as aspirações dos universitários brasileiros quanto a estudar no exterior. De acordo com a pesquisa, Europa, Estados Unidos e Canadá são os três destinos mais desejados por universitários brasileiros que nunca estudaram em outro país.

Entre eles, 30,74% escolheram países da região como seu principal destino de interesse. Os Estados Unidos ficaram colados em segundo lugar, sendo citados por 30,29% dos respondentes dessa categoria. Em terceiro lugar ficou o Canadá, apontado como destino mais desejado por 27,94% dos brasileiros que nunca estudaram fora. No entanto, como a margem de erro do estudo é de quatro pontos percentuais, os três destinos estão praticamente empatados.

Entre os universitários brasileiros que já estudaram fora, as respostas a essa pergunta foram diferentes. Para eles, o destino mais desejado é os EUA: 42,45% dos respondentes dessa categoria citaram o país como seu destino mais desejado. O idioma local, indicação de amigos e ter relacionamentos nas localidades foram os fatores que mais impactaram nessa escolha.

A pesquisa entrevistou 604 brasileiros matriculados em cursos superiores entre 10 de outubro de 2019 e 30 de março de 2020.

Outros dados

Dentre os respondentes, 82,91% nunca tinha estudado fora. Dessa parcela, 86,06% têm interesse em fazer algum curso em outro país. “Graduação”, “Pós-Graduação” e “Curso de idiomas” foram os tipos de curso mais citados pelos respondentes.

Continua após a publicidade

Todas essas modalidades foram selecionadas por mais de 50% dos respondentes que nunca tinham estudado fora. “Graduação”, em específico, foi mencionada por mais de 60% (era possível escolher mais de uma opção). Com relação à quantidade de tempo que pretendiam passar fora do Brasil, as principais respostas foram “De 1 ano a 2 anos” (com 33,73%) e “De 6 meses a 1 ano” (29,57%).

Quanto aos planos para o futuro, a principal resposta foi que os universitários pretendiam “Morar e trabalhar no Brasil”. 57,08% dos entrevistados que nunca estudaram fora escolheu essa opção. Em segundo lugar ficou “Morar e trabalhar no exterior”, escolhida por 30% dos respondentes.

Nesse ponto também há diferença entre quem já estudou fora e quem nunca foi. Entre os brasileiros que já estudaram fora, 46,83% disseram que pretendiam, no futuro, morar e trabalhar no exterior. 37,99% afirmaram querer morar e trabalhar no Brasil, deixando em segundo lugar essa opção.

Quer saber mais?

Para divulgar mais dados da pesquisa e debater sobre seus resultados, A University of Southern California promoverá um encontro online no dia 21 de outubro, quarta-feira, das 19h às 20h. Além de representantes da universidade, o evento terá também a participação de Andrea Tissenbaum, do blog da Tissen, e Nathalia Bustamante, coordenadora de conteúdo da Fundação Estudar. A participação no evento é gratuita, e as inscrições podem ser feitas por meio deste link.

Este texto foi originalmente publicado no portal Estudar Fora, da Fundação Estudar, parceira do Guia do Estudante. 

Continua após a publicidade
Publicidade