Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Senado aprova cotas de 50% das vagas para alunos de escola pública em universidades federais

Projeto segue agora direto para a sanção presidencial

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h32 - Publicado em 8 ago 2012, 12h31

Os senadores aprovaram na noite de terça-feira (7) um projeto que regulamenta a reserva de 50% das vagas de universidades federais do País a estudantes de escola pública.

– Comissão aprova cotas para estudantes de escolas públicas em 50% das vagas em federais

– ONU anuncia apoio às cotas raciais em universidades públicas brasileiras

Depois de ter passado pela Câmara dos Deputados e aprovado em votação simbólica no Senado, o projeto segue diretamente para a sanção presidencial. A política de cotas terá validade de dez anos a contar de sua publicação.

Como funcionará

A reserva será dividida meio a meio. Metade das cotas, ou 25% do total de vagas, será destinada aos estudantes negros, pardos ou indígenas de acordo com a proporção dessas populações em cada estado, tendo como base as estatísticas mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Continua após a publicidade

A outra metade das cotas será destinada aos estudantes que tenham feito todo o Ensino Médio em escolas públicas e cujas famílias tenham renda per capita até 1,5 salário mínimo.

O projeto de regulamentação da política de cotas é aprovado depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) declarou ser constitucional esse tipo de ação afirmativa nas universidades.

*Com informações da Agência Brasil e da Agência Senado

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular

– Dicas sobre o Enem

Continua após a publicidade

Publicidade