Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Senado aprova inclusão da disciplina ética social e política no currículo do ensino médio

Ensino fundamental também deve ganhar aula de cidadania moral e ética

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h53 - Publicado em 12 set 2012, 14h32

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou nesta terça-feira (11) a criação de duas disciplinas obrigatórias nas escolas brasileiras. O ensino fundamental passará a ter cidadania moral e ética e o ensino médio terá ética social e política.

O Projeto de Lei do Senado 2/2012 é de autoria do senador Sérgio Souza (PMDB-PR), modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Entre as suas justificativas para o projeto, está “a necessidade de aprimoramento da LDB, com a criação de disciplinas que deem aos estudantes melhor formação ética, social e política, o que os capacitará para o correto entendimento dos principais problemas sociais do nosso país e do mundo”.

O relator da matéria, senador Cristovam Buarque (PDT-DF), elogiou a proposta e lamentou o “esvaziamento de valores éticos no Brasil”. Por outro lado, a senadora Lídice da Mata (PSB-BA) demonstrou preocupação com a criação de mais uma disciplina, sugerindo que os conteúdos relativos ao tema deveriam ser incluídos nas matérias existentes.

O projeto agora deve ser analisado pela Câmara dos Deputados.

* Com informações da Agência Senado e Agência Brasil

 

LEIA MAIS:

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade