logo-ge

UERJ volta a ter lista obrigatória de livros no vestibular 2018

Alterações no Exame Discursivo também passam a valer já na próxima edição da prova

A Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) anunciou nesta segunda-feira, 16, algumas mudanças em seu processo seletivo 2018, que será realizado neste ano. Dentre as principais alterações, destacam-se a volta das leituras obrigatórias. As obras serão distribuídas nos três exames do vestibular 2018:

• 1º Exame de Qualificação – Primeiras estórias, de João Guimarães Rosa (Contos “A terceira margem do rio” e “O espelho”)

• 2º Exame de Qualificação – A hora da estrela, de Clarice Lispector

• Exame Discursivo (Prova de Língua Portuguesa Instrumental) – Dom Casmurro, de Machado de Assis

• Exame Discursivo (Prova específica de Língua Portuguesa e Literaturas) – Morte e vida severina, de João Cabral de Melo Neto, e Ensaio sobre a cegueira, de José Saramago

Com a separação do caderno de Redação, o exame de Língua Portuguesa Instrumental terá dez questões, e o tempo total de prova passa a ser de 5h30. A aposta em uma maior interdisciplinaridade reformulou também os Exames de Qualificação, que passarão a contar com um texto-base que servirá a pelo menos uma questão de cada área.

Estudantes poderão realizar também um Exame de Qualificação simulado, que será aplicado online. Promovido pelo Departamento de Seleção acadêmica (DSEA), este será gratuito e cobrará a leitura do conto “As margens da alegria”, presente no livro Primeiras estórias, de João Guimarães Rosa. Ao final da prova, os candidatos poderão ter acesso a um boletim de desempenho.

O vestibular da UERJ mantém a organização em dois Exames de Qualificação que credenciam para uma segunda etapa de seleção. Para realizar o exame Discursivo, fase final do vestibular, candidatos devem obter ao menos 40% de aproveitamento em um dos Exames de Qualificação.

O comunicado da instituição consta no site da revista eletrônica do vestibular.