Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Unicamp divulga o que a comissão esperava da redação deste ano

"Textão" de um influenciador digital e um manifesto de um estudante contra o corte de verbas na universidade foram as propostas da Comvest

Por Juliana Morales Atualizado em 13 jan 2022, 12h28 - Publicado em 13 jan 2022, 12h23

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou nesta quinta-feira (13) quais eram as expectativas da banca em relação à redação da Unicamp 2022. Neste ano, o vestibular deu a opção do estudante desenvolver um post de redes sociais, como se fosse um influenciador digital que ganhou projeção e escreve um “textão” sobre os malefícios da exposição; ou um manifesto sobre o corte de verbas na ciência e tecnologia.

Post de redes sociais

Na primeira proposta, a Unicamp pedia que o candidato se colocasse no lugar de um(a) jovem de 15 anos que possui redes sociais desde muito cedo. Mas que, há pouco tempo, seu número de seguidores explodiu e acabou se tornando um influenciador digital.

Segundo a Comvest, a expectativa era que o estudante fizesse um texto em parte narrativo e em parte argumentativo e conseguisse, a partir da perspectiva desse personagem, “atrelar a narrativa da sua trajetória em redes sociais e as impressões extraídas dessa experiência vivida a argumentos relativos à atuação de crianças e jovens como digital influencers“. A banca ressaltou a importância do candidato ter se apoiado na coletânea, que trouxe textos com assuntos de suma relevância na temática do post, como o perigo do cyberbullying, da superexposição na internet e do trabalho infantil.

Outro aspecto que tinha grande peso nessa proposta era a linguagem de acordo com o tipo de texto. Segundo a Comvest, por ser um textão a ser publicado nas redes sociais, era esperado que o candidato trouxesse “marcas linguísticas relativamente informais na escrita”, para assim, conferir à redação um “tom coloquial característico do gênero discursivo solicitado (o post)”.

Manifesto

Na segunda proposta, o candidato precisava se colocar no lugar de um estudante da própria Unicamp, que teve seu projeto de iniciação científica aprovado, mas não conseguiu o financiamento necessário em razão do corte de verbas no orçamento destinado à ciência e à pesquisa no Brasil em 2021.

Continua após a publicidade

Nesse texto, a expectativa da banca era que os candidatos conseguissem “a partir de uma máscara discursiva coletiva” elaborar um manifesto. Com a ajuda dos textos de apoio, a redação precisava apresentar um “bom diagnóstico da consequências, a médio e longo prazo, do desmantelamento gradual da ciência brasileira”. O estudante também deveria, segundo a Comvest, “clamar por políticas públicas que reconheçam a importância da estratégia da área para a soberania do Brasil”.

Para saber mais sobre as expectativas da Unicamp sobre as propostas de redação, acesse este link do site da Comvest.

Mais datas importantes

As Provas de Habilidades Específicas para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança, serão feitas entre os dias 13 e 15 de janeiro de 2022, em Campinas. As informações de locais e horários específicos já estão disponíveis no site da Comvest.

A primeira chamada será divulgada dia 14 de fevereiro e os convocados deverão efetivar a matrícula online (não presencial) nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro, também pelo site.

Assine o Curso PASSEI! do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.

Continua após a publicidade

Publicidade