logo-ge

Unicamp teve prova de redação mais fácil, dizem professores

Estudantes responderam às questões de português e literatura, além de duas redações

O primeiro dia da segunda fase da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), realizado neste domingo (15), trouxe seis questões de português e literatura, além de dois temas de redação. Para os professores ouvidos pelo GUIA, a surpresa foi a prova de redação, geralmente temida pelos estudantes, que apresentou gêneros e temas mais fáceis do que o habitual.

“Essa é uma boa notícia para os estudantes”, afirma o professor Eduardo Calbucci, supervisor de língua portuguesa do Anglo Vestibulares. Como a Unicamp cobra diferentes gêneros textuais para suas redações, é sempre imprevisível o grau de dificuldade dos textos. “Este ano, eles repetiram gêneros já cobrados. O aluno bem preparado, que tenha estudado provas anteriores, podem ter encontrado um grau de dificuldade menor”, explica.

No primeiro tema de redação, os estudantes deveriam escrever uma carta para uma seção de leitores de uma revista, sob os temas da cordialidade brasileira e a presença de estrangeiros no Brasil. No segundo, deveriam escrever uma apresentação para uma campanha de arrecadação de fundos para uma biblioteca.

Para Saray Azenha, diretora pedagógica do cursinho Oficina do Estudante, os temas dos textos também foram interessantes. “A primeira redação trouxe a questão da cordialidade do brasileiro, em relação com a aceitação de estrangeiros e a discussão sobre a xenofobia no país. Com a eleição de Trump nos EUA, havia muita contextualização com as discussões atuais sobre o assunto.”

Já as questões dissertativas foram bastante tradicionais da Unicamp. Nas de literatura, as questões basearam-se em três obras da lista obrigatória. “É uma prova que exige a leitura integral das obras”, explica Eduardo Calbucci. “A exceção foi a questão que cobrou um soneto de Camões, que estava transcrito”, diz.

Se baseado na prova de hoje, Saray Azenha espera provas mais objetivas para os próximos dias. “As questões foram tradicionais, mas que pediam respostas curtas e diretas. Errou quem esperava encontrar uma prova longa e cansativa”, diz.

A segunda fase continua amanhã (16) e termina no domingo (17). No segundo dia, haverá a prova de história, matemática e geografia; no terceiro, prova de química, física e biologia. 

A primeira chamada será divulgada no dia 13 de fevereiro. Veja o calendário completo:

Próximas datas Unicamp
Provas de habilidades específicas 23 a 26/1
Divulgação da primeira chamada 13/2
Matrícula da primeira chamada 14 e 15/2
Divulgação da segunda chamada 17/2
Matrícula da segunda chamada 21/2