Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Univasf faz campanha antitrote na universidade

Federal do Vale do São Francisco antecipa ação após divulgação na internet de vídeos de trotes violentos nos cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h55 - Publicado em 15 fev 2011, 13h40

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) divulgou na tarde de ontem (14) a antecipação, em uma semana, da campanha institucional voltada à recepção dos calouros e contra o trote na universidade. Nos semestres anteriores as ações coincidiam com o início das aulas, que neste ano acontecerá em 21 de fevereiro.

– Confira o relato do repórter do GUIA DO ESTUDANTE que se infiltrou no trote na da Unicamp

A ideia, de acordo com a nota divulgada no site da instituitção, é ampliar as ações já desenvolvidas – que incluem a distribuição de cartazes, folhetos educativos e a divulgação da resolução interna que prevê sanções a quem participar de atos que atentem contra as integridades física e moral de qualquer estudante – e sensibilizar a comunidade universitária sobre a importância da participação de todos os setores nas iniciativas de promover uma maior integração entre os alunos.

– Primeiro trote registrado no Brasil terminou em morte

A antecipação da campanha contra o trote na universidade se deu em virtude da divulgação, na internet, de um vídeo que mostrava veteranos dos cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia da Univasf recebendo os calouros de forma violenta, amarrando-os, arrastando-os por uma estrada de terra e dando-lhes banho de lama misturada com fezes de animais.

– Veja como é o trote ao redor do mundo

Em nota, a reitoria da Univasf esclareceu que “repudia e coíbe qualquer ato de violência física, psicológica ou de constrangimento que possa ser imposto aos membros da comunidade universitária” e alertou que a denúncia do trote “foi encaminhada à Procuradoria Federal junto à instituição para análise jurídica e indicação da forma legal de sua apuração e responsabilização”.

Trote solidário
Além da distribuição de cartazes e folhetos, na primeira semana de aula, como acontece todos os anos, será realizada a “Calourada Solidária”. Neste ano, os novos estudantes da universidade serão recebidos com gincanas, campeonatos de futebol e recitais de poesia. Também será realizada uma campanha de doação de fraldas que serão enviadas para uma instituição filantrópica.

As ações solidárias realizadas pela Univasf já renderam prêmios à universidade. Em 2008, os estudantes do curso de Psicologia ganharam o prêmio Trote da Cidadania, promovido pela Fundação Educar DPaschoal, de São Paulo, em que universidades de todo o Brasil podem concorrer. O trote premiado foi o "terapia do abraço". Na ocasião, os veteranos, acompanhados dos calouros do curso, saíam às ruas abraçando os transeuntes.

Continua após a publicidade
Publicidade