Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Universidades federais poderão validar diplomas de EAD emitidos no exterior

Instituição precisa ter curso equivalente na mesma modalidade para validar o diploma

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h31 - Publicado em 17 out 2011, 14h51

Você quer fazer uma faculdade no exterior que oferece curso a distância, mas tem medo de o seu diploma não ter validade no Brasil? Não precisa mais ter esse tipo de preocupação. Na última sexta-feira (14), o Ministério da Educação (MEC) fixou critérios para validar diplomas concedidos por instituições de ensino estrangeiras para cursos de educação a distância.

De acordo com o MEC, a partir de agora a revalidação dos diplomas desses cursos passa a ser de responsabilidade exclusiva das universidades federais credenciadas pelo Ministério. A única exigência é que a instituições brasileiras ofereçam curso equivalente na mesma modalidade.

A consulta às instituições credenciadas para a oferta dessa modalidade de ensino pode ser feita na página eletrônica do Sistema de Consulta de Instituições Credenciadas para Educação a Distância e Polos de Apoio Presencial (Siead), do MEC. A relação dos cursos oferecidos está disponível no Cadastro e-MEC.

LEIA MAIS

– Notícias sobre vestibulares e Enem

Continua após a publicidade

Publicidade