Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Universitários almoçam na frente do computador, diz pesquisa

Estudantes fazem refeições enquanto usam o computador e prefem bater papo nas redes socias do que conversar à mesa

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h44 - Publicado em 6 abr 2011, 18h48

Um estudo recente do Instituto de Tecnologia Rochester (RIT), nos Estados Unidos, revelou que os estudantes universitários estão mudando seus hábitos alimentares e sua relação com a comida por influência da internet e dos smartphones.

As pesquisas do RIT indicam que os estudantes de hoje preferem fazer suas refeições sentados em frente ao computador do que em uma mesa apropriada, dedicando-se apenas à atividade alimentar. Os jovens que participaram do estudo também usam as mídias sociais para buscar receitas e obter informações nutricionais.

– Você é viciado em redes sociais?

Madeline Varno, que liderou o estudo, buscou investigar como a explosão de novos meios de comunicação está mudando as noções tradicionais de refeição e como isso está transformando a interação humana. Os resultados mostram que, ao contrário de seus pais e avós, os universitários não consideram as refeições um momento de descontração e comunicação com familiares e colegas: muitos deles nem possuem uma mesa para as refeições.

A pesquisa mostra que a alimentação virou apenas mais uma das tarefas que os estudantes executam em simultaneidade com diversas outras atividades – que geralmente envolvem computadores e smartphones – , como navegar na web, conversar com amigos no Facebook e fazer a lição de casa.

Continua após a publicidade

– Saiba como usar as redes sociais e a internet a favor de sua carreira

Isso não quer dizer que os estudantes estão adotando uma postura antissocial; na verdade, eles estão interagindo com uma quantidade maior de pessoas do que caberia em uma mesa de jantar, mas agora o método de sociabilização envolve tecnologia.

Boa parte dos universitários prefere consultar amigos do Twitter ou do Facebook sobre receitas do que buscá-las em livros especializados ou perguntar para alguém próximo. Eles também usam as redes sociais para confirmar informações sobre alimentação e, em geral, consideram essas fontes mais confiáveis na hora de escolher a dieta.

LEIA MAIS

-Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade