Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

USP passa a aceitar nome social de estudantes travestis e transexuais

Lei foi decretada em 2010

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 14h00 - Publicado em 21 jan 2011, 16h39

A Universidade de São Paulo (USP) passou a adotar a lei estadual 55.588/2010 e vai aceitar o uso de nome social de alunos e alunas travestis e transexuais nos diplomas que forem emitidos.

Segundo a secretaria geral da universidade, que faz os registros de tais documentos, o decreto foi acatado em 10 de janeiro deste ano.

O aluno interessado deve enviar uma documentação solicitando o uso do nome social em vez do nome civil no diploma.

A lei estabelece o tratamento de travestis e transexuais pelo seu nome social em todos os registros da administração estadual.

LEIA TAMBÉM
– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade