Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Veja as melhores e as piores instituições de ensino superior do país, segundo avaliação do MEC

Cerca de 27% das instituições teve nota insuficiente

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h42 - Publicado em 7 dez 2012, 14h49

Nesta quinta-feira (6), o Ministério da Educação (MEC) divulgou o chamado Índice Geral de Cursos (IGC) de 2011, que avalia a qualidade das instituições de ensino superior do país.

– MEC divulga a nota das escolas de todo o Brasil no Enem 2011

– Veja a nota do Enade de todos os cursos avaliados pelo MEC em 2011

O IGC leva em conta os seguintes fatores:

– a média ponderada do Conceito Preliminar de Curso (CPC), que inclui:
• rendimento dos alunos (que conta 55% do total)
• infraestrutura (15% da nota)
• corpo docente (30%). Na nota dos docentes, a quantidade de mestres pesa 15% do total, já dedicação integral e doutores representam 7,5% (cada) da nota;

– os conceitos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), responsável por avaliar os programas de pós-graduação das instituições.

>> MEC avalia 27% das instituições de ensino superior com nota insuficiente em índice de qualidade

Continua após a publicidade

Notas insuficientes

O IGC 2011 avaliou 2.136 universidades, faculdades e centros universitários. Do total, 50,6% tiveram conceito 3, considerado satisfatório. Apenas 27 receberam nota máxima – a grande maioria, localizada na região Sudeste. Confira a lista:

UNIVERSIDADES PÚBLICAS COM NOTA MÁXIMA (5) NO IGC 2011

Instituição Localidade
Escola de Governo Prof. Paulo Neves De Carvalho (EG)
Faculdade De Medicina De São José Do Rio Preto (FAMERP)
Faculdade De Tecnologia De Mococa (FATEC)
Fundação Universidade Federal Do ABC (UFABC)
Instituto Militar De Engenharia (IME)
Instituto Tecnológico De Aeronáutica (ITA)
Universidade Estadual De Campinas (Unicamp)
Universidade Federal De Lavras (UFLA)
Universidade Federal De Minas Gerais (UFMG)
Universidade Federal De Santa Catarina (UFSC)
Universidade Federal De São Carlos (UFSCAR)
Universidade Federal De São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal De Viçosa (UFV)
Universidade Federal Do Rio Grande Do Sul (UFRGS)
Universidade Federal Do Triângulo Mineiro (UFTM)
Belo Horizonte-MG
São José do Rio Preto-SP
Mococa-SP
Santo André-SP
Rio de Janeiro-RJ
São José dos Campos-SP
Campinas-SP
Lavras-MG
Belo Horizonte-MG
Florianópolis-SC
São Carlos-SP
São Paulo-SP
Viçosa-MG
Porto Alegre-RS
Uberaba-MG
UNIVERSIDADES PARTICULARES COM NOTA MÁXIMA (5) NO IGC 2011 
Instituição Localidade
Centro Universitário Pres. Antônio Carlos De Barbacena (UNIPAC)
Escola Brasileira De Economia E Finanças (EBEF)
Escola De Administração De Empresas De São Paulo (FGV-EAESP)
Escola De Direito De São Paulo (Direito GV)
Escola De Economia De São Paulo (EESP)
Escola Superior De Ciências Sociais (FGV)
Faculdade De Administração De Empresas (Facamp)
Faculdade De Economia E Finanças Ibmec
Faculdade De Odontologia São Leopoldo Mandic (SLMANDIC)
Faculdade Fucape (FUCAPE)
Faculdade Jesuíta De Filosofia E Teologia (FAJE)
Insper Instituto De Ensino E Pesquisa (Insper)
Barbacena-MG
Rio de Janeiro-RJ
São Paulo-SP
São Paulo-SP
São Paulo-SP
Rio de Janeiro-RJ
Campinas-SP
Rio de Janeiro-RJ
Campinas-SP
Vitória-ES
Belo Horizonte-MG
São Paulo-SP

É importante notar que a avaliação não inclui todas as faculdades e universidades estaduais. A Universidade de São Paulo (USP), por exemplo, ficou de fora.

Dados divulgados pelo Ministério da Educação também mostram que 27% das instituições de ensino superior brasileiras tiveram conceito insuficiente, com rendimento ruim (nível 2) e sofrível (1). Nove tiveram conceito 1 e 568 atingiram o conceito 2. As duas categorias somam, respectivamente, 0,4% e 26,6% do total.

Veja a lista com as piores notas:

Instituição Localidade IGC Contínuo
 IGC Faixa
Faculdade Brasília De São Paulo (FABRASP) São Paulo-SP 0,39 1
Faculdade De Tecnologia IAPEC (IAPEC) Londrina-PR 0,63 1
Faculdade De Tecnologia CETEP (CETEP) Curitiba-PR 0,72 IES com CPC de cursos não reconhecidos até 30/09/2012
Faculdade De Odontologia De Manaus (FOM) Manaus-AM 0,75 1
Faculdade De Comunicação Pitágoras Unidade Guarapari (PIT GUARAPARI) Guarapari-ES 0,75 1
Faculdade COTEMIG (COTEMIG) Belo Horizonte-MG 0,86 1
Faculdade De Piracanjuba (FAP) Piracanjuba-GO 0,89 1
Faculdade Presidente Antônio Carlos De Barão De Cocais Barão de Cocais-MG 0,94 IES com CPC de cursos não reconhecidos até 30/09/2012
Faculdade De Tecnologia Albert Einstein (FAESP) São Paulo-SP 0,94 1

As instituições com nota insuficiente (abaixo de 3), poderão ser punidas com a exclusão dos cursos da lista de financiamento estudantil, como o Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil ( Fies). "Essas políticas educacionais fomentaram a melhoria da qualidade, quando associadas à nova política de avaliação que induz a qualidade", destacou o ministro Aloízio Mercadante.

LEIA MAIS:

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade