logo-ge

Veja 5 documentários e entenda o trabalho escravo no século 21

 

O dia 2 de dezembro foi escolhido pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Dia Internacional para Abolição da Escravatura. Apesar de a escravidão parecer algo de outro século, a ONU só definiu essa data em 2004, décadas depois de a prática se tornar ilegal em todos os países do mundo. A razão disso é simples e perturbadora: a escravidão ainda é um problema mundial que os países tentam erradicar, mas sem sucesso.

Leia também10 passos até a abolição da escravidão no Brasil e Escravos: povo marcado

A Global Slavery Index é uma organização que realiza pesquisas sobre a escravidão moderna em 167 países, criando mapas e reunindo informações sobre o assunto. Em 2016, a organização estima que estima existam 45,8 milhões de pessoas escravizadas, e 58% dessas pessoas vivem em apenas 5 países: Índia, China, Paquistão, Bangladesh e Uzbequistão.

Para ajudar a compreender a escravidão no século XXI, reunimos alguns documentários que denunciam o problema em diferentes países. Muitos deles só possuem áudio ou legenda em inglês, mas é uma boa oportunidade para treinar o idioma, certo? 😉 Confira:

O Lado Negro do Chocolate

crianca-empresas-chocolates
(Imagem: Divulgação)

No documentário, o jornalista dinamarquês Miki Mistrati denuncia o trabalho escravo infantil por trás das plantações de cacau na Costa do Marfim, maior produtor mundial de cacau. Com câmera escondidas, ele mostra os pontos de tráfico de crianças na África e as plantações nas quais as crianças são forçadas a trabalhar.

Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ozSRWm7VcVE

The True Cost

Qual o verdadeiro custo da atual moda descartável? O diretor Andrew Morgan conversa com trabalhadores que ganham USD 2 por dia, donos das fábricas têxteis, produtores de algodão, economistas e ativistas pelos direitos humanos para mostrar o impacto do consumo exagerado de produtos de moda na vida das pessoas e no planeta.

Disponível na Netflix.

Supermarket Slave Trial

O documentário é resultado de uma investigação de seis meses do jornal norte-americano The Guardian para revelar o trabalho escravo por trás da venda de camarão, um alimento de luxo que passou a ser comum em supermercados como Walmart e Carrefour.

Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=drTBrmhA4YA

Forced Labour in the Uzbek cotton industry

O Uzbequistão é o 6º maior produtor de algodão do mundo. Durante a colheita anual, a população é obrigada pelo próprio governo a deixar os seus trabalhos de lado e trabalhar nas plantações de algodão, sob ameaça de punição e demissão. O documentário, criado pela organização Anti-Slavery International, mostra a colheita de 2016 e a denuncia a situação.

Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cZUWZT0pOmc

Slavery: A 21st Century Evil

Sob esse título, o veículo Al Jazeera English produziu sete documentários de cerca de 25 minutos cada para mostrar as diferentes faces da escravidão moderna. De meninas vendidas como noivas na Índia até homens forçados a trabalhar na produção de carvão no Brasil, é possível conhecer diferentes países e as formas de trabalho escravo existentes em cada um deles.

Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=IbAr368CKGg&list=PLD4C7F19BB33C002A

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s