Guia do Estudante

Literatura

Romantismo - resumo, autores, dicas e questão comentada

23/09/2010 18h17

O Romantismo é a primeira estética literária a reivindicar uma literatura autenticamente brasileira e inaugura a Era Nacional da literatura. Tendo como grande projeto a construção de uma identidade nacional, os autores desse período valorizam os elementos nacionais para consolidar o sentimento de brasilidade nascido com a independência política do país em 1822.

Com o que ficar atento?
No Brasil, o Romantismo durou de 1836 a 1881, teve três gerações poéticas e quatro tendências de prosa ficcional. Também contou com obras de teatro, incluindo a de Martins Pena, com suas comédias de costume.

POESIA
Primeira geração: marcada por forte sentimento nacionalista e religioso, tem como principal característica o ufanismo e a exaltação da natureza pátria. Entre seus principais representantes destacam-se Domingos José Gonçalves de Magalhães (1811 - 1882) - autor de Suspiros poéticos e saudades, obra que dá início ao Romantismo no Brasil - e Antônio Gonçalves Dias (1823 - 1864) - autor da Canção do Exílio e de Os timbiras.

Segunda geração: influenciada por Lorde Byron (1788 - 1824), ícone do romantismo europeu, notabilizou-se por sua obsessão pela morte e associação ao “mal do século”. Entre seus principais poetas, encontram-se Álvares de Azevedo (1831 - 1852), autor da Lira dos vinte anos, Casimiro de Abreu (1837 - 1860), autor do poema Meus oito anos, e Fagundes Varela (1841 - 1875), conhecido por seu Cântico do calvário, escrito para o filho falecido prematuramente.

Terceira geração: fortemente influenciada pelo francês Victor Hugo (1802 - 1885), tem tendência libertária e engajada, o que se confirma na produção do poeta baiano Castro Alves (1847 - 1871), conhecido como “poeta dos escravos”. Republicano e abolicionista, Alves deixou obras primas como Espumas flutuantes e Navio negreiro.

PROSA
A prosa romântica brasileira nasceu de um ambicioso projeto literário que visava traçar um panorama da história e da cultura do país. Seu principal expoente é o romancista cearense José de Alencar (1829 - 1877), autor de romances históricos, indianistas, regionalistas e urbanos, como Iracema.

Além de Alencar, destacam-se Joaquim Manoel de Macedo (1820 - 1882), autor de A Moreninha, com seus romances repletos de estereótipos, e Manuel Antônio de Almeida (1831 - 1861), autor de Memórias de um Sargento de Milícias, cujas narrativas retratam os costumes de uma época.

- Simulado - Romantismo

Como pode cair no vestibular?
As ideias estéticas do Romantismo aplicadas à realidade brasileira produziram uma literatura marcada pelo patriotismo. O ufanismo cego e o desejo de construir um sentimento de brasilidade capaz de dar uma identidade à nação pode ser tema de questões de vestibulares.

Como já caiu no vestibular?

1. (UEL - PR) Graças a Gonçalves de Magalhães, a majestosa mangueira substituiu os carvalhos, o sabiá desentronizou o rouxinol da Europa, e algumas das belezas americanas vieram, por fim, a ser cantadas com a mais pura e autêntica poesia.

Essa "mais pura e autêntica poesia" a que se refere o texto acima é a que está, também,

a) nos poemas nacionalistas de Gonçalves Dias.
b) na lírica amorosa de Gregório de Matos.
c) nos sermões de Antônio Vieira.
d) nos textos simbolistas de Alphonsus de Guimaraens.
e) no nacionalismo crítico de Oswald de Andrade.

GABARITO
1. Resposta correta: A
Comentário:
Antônio Gonçalves Dias é o principal representante da tendência nacionalista da primeira geração romântica brasileira, que tinha como programa estético o indianismo e a valorização da natureza pátria.

SAIBA MAIS

- Conheça o Guia do Estudante Português Vestibular+Enem ou compre a publicação direto na Loja Abril

- Veja outros resumos de estilos literários

Compartilhe