logo-ge

Gosto da área militar, mas não sei o que realmente quero da vida

Nossa orientação profissional responde

Estou passando por um problema muito grande de não saber o que eu realmente quero fazer. Uma vez a minha professora perguntou o que eu queria ser e eu disse que não sabia. Então ela disse que quem não sabe o que quer acaba não sendo nada. Admiro muito a vida militar, mas não sei se é isso o que eu quero. Há pouco tempo conheci a área de saúde coletiva e achei muito legal, mas no fundo eu queria mesmo gostar de uma área que fosse aceita na vida militar. Na verdade, no fundo de mim eu não sei é de nada. A vida está me levando e isso está me assustando.

Suzana

Sem saber de nada, tudo pode de fato ser uma opção válida, e a carreira militar que você já admira será a que lhe parece mais atraente. Você já pensou em buscar mais informações sobre as profissões e carreiras disponíveis? Aqui seguem algumas dicas:

1. Caneta e papel na mão! Anotar informações e reflexões sobre os próximos passos que vamos sugerir pode te ajudar a deixar as opções mais claras e interessantes.

2. Olhe ao seu redor! Aí já existe informação que pode te ajudar. Pense: quais são as profissões com as quais você tem contato próximo no seu círculo familiar, de amigos, na escola, entre vizinhos? Liste-as e converse com essas pessoas perguntando como é o dia a dia delas, quais são os desafios, dificuldades e momentos de felicidade no trabalho.

3. Com relação à carreira militar, liste também tudo aquilo que faz você idealizar essa vida e anote também aquilo que você acha ser a parte ‘sem graça’, as coisas menos interessantes da profissão. Compare os resultados. Talvez sua lista inicial seja tendenciosa para um lado ou para o outro. Se for esse o caso, vá conversar com pessoas que fizeram carreira militar e que gostam do que fazem. Converse também com militares sem tanto brilho nos olhos. É muito importante você ter uma visão equilibrada, ponderada. Se você desconhece alguém assim, as redes sociais podem ser uma fonte de contatos, ou um amigo sempre pode apresentar outro de uma carreira que interesse a você.

4. Ainda com relação à carreira militar, se as conversas confirmarem sua intenção de segui-la, participe de atividades (mesmo como observadora) que lhe pareçam legais, participe de visitas guiadas. Tivemos uma cliente que queria ser delegada. Quando ela visitou 5 delegacias, ficando 30 minutos sentada em cada uma, voltou confessando que tinha imaginado uma realidade mais emocionante e parecida com os filmes.

Ter mais conhecimento ajudará você a sair da dúvida. Corra atrás disso!

People & Results

Empresas são feitas de profissionais. São eles que constroem, transformam e perpetuam a cultura corporativa. Quando colocadas em posições que exigem aquilo que cada um tem de melhor, alcançam desempenho superior, são mais felizes. Portanto, cuidar da cultura da empresa e da carreira é peça fundamental na gestão de pessoas e para o sucesso nos negócios. Em suma, pessoas e resultados são o nosso negócio.
(A consultoria, especializada em carreira e cultura organizacional, responderá periodicamente as dúvidas dos leitores do GE).