Guia do Estudante

Consulte o Orientador

Ganharei um bom salário cursando Geografia?

Vale a pena fazer o curso de bacharel em Geografia visando uma grande pretensão salarial?

enviado por Davi Gomes Dias Júnior

As chamadas ciências básicas (Física, Biologia, Química, Matemática, Geografia, entre outras) têm papel fundamental para a pesquisa e o desenvolvimento de produtos e serviços.

O Brasil, no entanto, ainda não alcançou o plano em que tais pesquisas recebam o reconhecimento que deveriam. Não recebem do Estado ou da iniciativa privada recursos financeiros que bem remunerem os bacharéis, mestres e doutores que a ela se dediquem. Em países com economia mais desenvolvida, tais profissionais recebem maior reconhecimento, pelos conhecimentos que ampliam o domínio sobre a natureza e a construção de melhores condições para a vida.

A primeira opção de quem se interessa firmemente por tais áreas é de fato a licenciatura, que se não remunera adequadamente todo o empenho, a importância social da atividade docente e a competência adquirida, ao menos garante maiores possibilidades de colocação no mercado como professor, bem como o investimento pessoal no mergulho nesta área de conhecimento.

O geógrafo, ou seja, o bacharel em Geografia, encontra colocações em empresas ligadas à exploração de recursos naturais (mineração, recursos hídricos, petróleo). Outro campo a explorar é o da geografia humana: análise da distribuição da população, seus hábitos, necessidades de consumo, movimentos que fazem em função das condições econômicas.

Organizações Não Governamentais (ONGs) contratam tais profissionais em função de sua natureza - ligadas ao meio-ambiente, ao estudo do deslocamento de populações, etc. Órgãos públicos, como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), também abrem concursos que contemplam a necessidade de tais profissionais. Diante do exposto, avalie o que você considera “grande pretensão salarial”.

Segundo o GUIA DO ESTUDANTE, o salário inicial varia de R$ 950,00 a R$ 3.000,00. Segundo o site Salariômetro, nos últimos seis meses foram contratados, no país inteiro, 104 profissionais com um salário médio de R$ 3.347,00.

Compartilhe