Guia do Estudante

DESIGN DE INTERIORES

Bacharelado / Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

É a arte de planejar e arranjar ambientes de acordo com padrões de estética e funcionalidade. O profissional harmoniza, em determinado espaço, móveis, objetos e acessórios, como cortinas e tapetes, procurando conciliar conforto, praticidade e beleza. Planeja cores, materiais, acabamentos e iluminação, utilizando tudo de acordo com o ambiente e adequando o projeto às necessidades, ao gosto e à disponibilidade financeira do cliente. Administra o projeto de decoração, estabelece cronogramas, fixa prazos, define orçamentos e coordena o trabalho de marceneiros, pintores e eletricistas. Pode projetar salas comerciais, residências ou espaços em locais públicos. Esse profissional costuma trabalhar como autônomo, mas pode atuar também como funcionário de empresas especializadas em decoração e design de interiores ou, ainda, como consultor em lojas de móveis.  

Mercado de Trabalho

Este é um mercado que varia muito segundo o momento econômico do país e o desempenho do setor da construção civil: quando o setor vai bem, mais designers de interiores são procurados para, por exemplo, decorar os ambientes de apartamentos mobiliados, nos estandes de venda. Os empregadores tradicionais são os escritórios de arquitetura, construtoras e incorporadoras, além de empresas de decoração. O aumento na renda média da população faz crescer o segmento de clientes individuais, que chamam o profissional para redecorar a residência ou o escritório. Um nicho novo, mas promissor, é o da indústria automobilística, que procura o designer para montar o interior de aviões e automóveis. As melhores chances de trabalho estão nas capitais do Sudeste e, no Sul, em Curitiba e Porto Alegre. As cidades turísticas do Nordeste também são bons mercados, devido ao grande número de hotéis e resorts.

As melhores escolas

5 estrelas

BA Salvador UFBA Decoração. MG Belo Horizonte Uemg Design de Amb. RJ Rio de Janeiro UFRJ Comp. de Interior .

4 estrelas

GO Goiânia UFG Design de Amb. SP São Paulo Belas Artes.

3 estrelas

ES Vitória Faesa. SP Salto Ceunsp Decoração e Design.

Curso

Há poucos cursos de bacharelado no país. O currículo é, em boa parte, semelhante ao do curso de Arquitetura e Urbanismo, com grande carga horária dedicada a atividades práticas, como o desenvolvimento de projetos. A grade curricular inclui, ainda, aulas de técnicas de instalação e iluminação. No final do curso, as escolas costumam exigir do estudante um estágio ou a apresentação de uma monografa.

Duração média: 4 anos.

Outros nomes: Comp. de Interior; Decoração; Decoração e Design; Design (interiores); Design de Amb.


Os cursos tecnológicos são voltados mais para as atividades de decoração, propriamente ditas. Mas os cursos podem ter diferentes focos, em decoração e paisagismo ou design de móveis e ambientes. Já no início do curso, o aluno entra em contato com as ferramentas e as técnicas da prática profissional, como a aplicação de cores e revestimentos. Depois, é a vez das disciplinas voltadas para a representação gráfica, com aulas de programas de desenho arquitetônico. As matérias profissionalizantes dão ênfase aos espaços residenciais, com disciplinas como iluminação e ergonomia. Na etapa final, o foco são os espaços comerciais. Aulas de gestão empresarial fazem parte do currículo.

Duração média: 2 anos.

O que você pode fazer

Desenho de móveis

Criar peças conforme as necessidades do cliente, adaptando-as ao espaço disponível.

Decoração e paisagismo

Cuidar da colocação de móveis e acessórios em ambientes residenciais e comerciais internos. Em áreas externas, usar arte e técnica para projetar, organizar e embelezar espaços com plantas e jardins.

Gerenciamento

Acompanhar a compra de móveis e acessórios, fazer orçamentos e contratar mão de obra.

Projeto

Organizar ambientes de acordo com as necessidades do cliente. Elaborar plantas e maquetes, indicando o estilo, as cores e a disposição de móveis e objetos.

Compartilhe