Guia do Estudante

PRODUÇÃO FONOGRÁFICA

Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

O produtor fonográfico domina as tecnologias de gravação e produção de discos e CDs. Ele se envolve em todas as etapas da elaboração de um trabalho fonográfico, da produção à divulgação e distribuição do produto. Opera estúdios de áudio, cuida da qualidade do som e edita obras musicais. Cria trilhas para festas, filmes, desfiles, comerciais de rádio e TV ou websites. Atua em produtoras, gravadoras e estúdios de gravação ou sonorização.

Fique de olho

PRODUÇÃO DE MÚSICA ELETRÔNICA

O curso, oferecido pela Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo (SP), forma o profissional que cria e grava jingles e trilhas sonoras e seleciona repertório para filmes, comerciais, vinhetas de TV, sites de internet e jogos virtuais. Por meio de técnicas de manipulação de áudio, esse tecnólogo compõe, arranja e grava peças musicais no computador, com softwares que simulam os instrumentos musicais reais.

Mercado de Trabalho

O mercado fonográfico brasileiro começa a se reerguer após o baque sofrido com a queda na venda de CDs e investe em novos formatos de distribuição de áudio e vídeo na internet, como o streaming. Dessa forma, a previsão é de que a indústria dobre seu tamanho até 2020, de acordo com projeções da Universal Music Brasil. Isso abre boas oportunidades para o produtor, desde que ele esteja antenado com as novas tecnologias. Além de vinhetas sonoras para comerciais de TV, ele pode atuar, ainda, na produção de efeitos sonoros para games, teatro, cinema, emissoras de rádio e espetáculos ao vivo, fazendo a gravação e a edição em estúdio. Um setor que vem abrindo as portas é o publicitário, para desenvolver trilhas sonoras. Como DJ, encontra oportunidades na ambientação sonora de bares, restaurantes, casas noturnas e eventos em geral. É comum ver o produtor fonográfico trabalhando em parceria com músicos, cineastas, produtores de vídeo, publicitários e profissionais de eventos culturais. As melhores oportunidades estão nas regiões Sul e Sudeste, principalmente no eixo Rio-São Paulo. No entanto, o mercado cresce também em outras capitais do país e em cidades do interior, de médio e grande portes.

As melhores escolas

Curso

O curso prepara o profissional para trabalhar com softwares e equipamentos digitais e analógicos, usados para o registro sonoro, a edição, a mixagem e a pós-produção musical. A parte técnica do currículo inclui aulas práticas em estúdio de gravação e laboratório de música eletrônica. Técnicas de gravação, processamento de áudio e acústica ao ar livre e em estúdios integram a grade curricular. O aluno recebe, ainda, noções de legislação, marketing, divulgação e distribuição de música.

Atenção: a Universidade Anhembi Morumbi oferece Produção Musical e Produção de Música Eletrônica, que forma o DJ profissional.

Duração média: 2 anos.

Outros nomes: Prod. Fonográfca (mús., tecnol. e inovação); Prod. Fonográfca (prod. de mús. eletrôn.); Prod. Fonográfca (prod. musical).

Compartilhe