logo-ge

Química

O químico estuda a matéria, sua composição e suas propriedades

O químico estuda a matéria, sua composição e suas propriedades. Analisa substâncias e compostos, identifica suas características físico-químicas, como dureza ou toxicidade. Investiga como os compostos reagem às variações de pressão e temperatura, entre outros fatores. Em indústrias químicas, pesquisa, por exemplo, novos materiais, supervisiona a produção e aplica testes de qualidade. Além disso, esse profissional elabora projetos de instalações industriais e faz a manutenção de equipamentos.

Fique de Olho

VÁRIAS OPÇÕES PARA A QUÍMICA

Há mais de 400 cursos de Química no país, e a maioria não tem habilitação. Entre os poucos com enfoque específico, destacam- -se os de Química industrial e Tecnológica. Outros são focados em um setor determinado, como petróleo (UFRN). A USP, em São Carlos, São Paulo e Ribeirão Preto, oferece diversas ênfases, como ambiental, tecnológica, alimentos, biotecnologia, forense, materiais, bioquímica e biologia molecular. A Unicamp possui licenciatura integrada em Química e Física (veja mais no verbete Física).

O que você pode fazer

Ensino Dar aulas nos ensinos Fundamental e Médio.

Química ambiental Realizar vistorias, perícias, avaliações e pareceres e organizar medidas de proteção e conservação ambiental. Desenvolver e acompanhar técnicas de tratamento de resíduos industriais. Monitorar e controlar riscos de contaminação.

Química de alimentos Atuar no controle de qualidade, na pesquisa e no desenvolvimento de produtos em indústrias alimentícias. Pesquisar a composição química de alimentos.

Pesquisa Trabalhar em universidades, institutos de pesquisa, indústria e órgãos do governo.

Química forense Realizar perícias e testes a partir de evidências, como impressão digital, para a resolução de crimes.

Química industrial e tecnológica Desenvolver produtos e tecnologias para a indústria relacionadas à composição, a propriedades e a transformações de substâncias. Operar equipamentos, instalações e processos industriais.

Mercado de Trabalho

As áreas de atuação do químico são variadas: petroquímica, química fina, alimentos, papel e celulose, polímeros, fertilizantes, tintas, cosméticos, tratamento de água, esgoto e saneamento. A área de exploração do petróleo também demanda bacharéis. Há boa procura por profissionais para a elaboração de laudos relativos a controle ambiental e de qualidade, de higiene sanitária e de análises clínicas. Outra possibilidade é atuar em marketing e vendas, negociando produtos químicos. Um setor com boas chances é o de pesquisa e desenvolvimento de produtos químicos renováveis, como o plástico verde, obtido a partir do etanol. As oportunidades estão nos polos petroquímicos de São Paulo, Bahia e Rio Grande do Sul e no polo químico de Suape (PE). Há carência de professores de ciências naturais em todo país, o que aumenta a demanda pelo licenciado.

Curso

O bacharelado dá formação generalista nas quatro grandes áreas da Química – orgânica, inorgânica, analítica e físico-química –, com aulas teóricas e em laboratório. A partir do terceiro ano, o aluno vê cinética química, química experimental, análise de solo e bioquímica. Quem faz licenciatura cursa disciplinas pedagógicas. Estágio e trabalho de conclusão são obrigatórios.

Duração média: 4 anos.

Outro nome: Ciên. (quím.).