Guia do Estudante

Vestibular

Nova lei garante isenção de taxas em vestibulares de instituições federais para estudante de baixa renda

Decreto assegura direito a aluno de escola pública e de escola particular que utilize bolsa de estudo integral

da redação | 11/04/2013 12h 10

Nesta quinta-feira (11), a presidente Dilma Rousseff sancionou a Lei nº 12.799, que assegura a isenção total da taxa de inscrição em vestibulares de instituições federais a estudantes de baixa renda. O decreto foi publicado no Diário Oficial da União (DOU). O direito está assegurado a alunos de escola pública e bolsistas integrais da rede particular.

- Matrículas em instituições federais cresceram mais de 80% em 9 anos, aponta Censo

- Confira como as instituições federais e estaduais de ensino de todo o Brasil usam o Enem

Como funcionará

O decreto já passa a valer para os próximos vestibulares. Para conseguir a isenção total, o candidato deverá compravar renda igual ou inferior a 1,5 salário mínimo por integrante da família. Também é necessário entregar documentos que demonstrem ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou como bolsista integral na rede particular.

Algumas instituições federais já adotavam critérios para a isenção total ou parcial da taxa de inscrição. Após a publicação da lei, a gratuidade passa a ser obrigatória para todas. O decreto estabelece ainda que, em outros casos, as universidades podem adotar critérios para isenção total ou parcial do pagamento de taxas de inscrição de acordo com a carência socioeconômica dos candidatos.

LEIA MAIS

- Notícias de vestibular e Enem

 

Compartilhe