logo-ge

Animais em risco de extinção com as queimadas no Pantanal

Emergência ambiental no Pantanal agrava os riscos de espécies que já estavam vulneráveis

Segundo dados do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), estima-se que uma área de cerca de 1 milhão de hectares foi consumida pelas queimadas no Pantanal. A região destruída equivale a 9 vezes a cidade do Rio de Janeiro.

Com tamanha destruição, a vida do bioma sofre as consequências. Confira 6 animais que já estavam vulneráveis segundo o Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção e correm ainda mais riscos por causa das queimadas.

1. Onça-pintada
O maior felino das Américas, a onça-pintada é um mamífero carnívoro que pode pesar até 135 kg e medir 1,90 m de comprimento. Nos últimos meses, diversos vídeos viralizaram nas redes sociais com imagens das onças-pintadas sendo resgatadas de incêndios. A caça ilegal é um dos motivos de o animal estar ameaçado de extinção.

 (Instagram GE/Guia do Estudante)

 

2. Jacu-de-barriga-castanha
É parecido com uma galinha e tem comportamento arredio, se afastando ao menor sinal de ameaça. O desmatamento e a caça ilegal são as principais razões para sua possibilidade de extinção.

 (Instagram Guia do Estudante/Guia do Estudante)

3. Arara-azul
A ave se destaca pela beleza de suas cores vibrantes. Está ameaçada de extinção por causa da caça, comércio clandestino e degradação em seu habitat natural

 (Instagram Guia do Estudante/Guia do Estudante)

4. Cervo-do-pantanal
O maior cervídeo da América Latina pode pesar até 125 kg e chegar a 1,80 m de altura. Estima-se que 60% de sua espécie já foi extinta devido a caça e perda de parte do seu habitat.

 (Instagram Guia do Estudante/Guia do Estudante)

5. Ariranha
Conhecido também como onça-d’água ou lontra-gigante, a ariranha é um mamífero carnívoro de hábitos semiaquáticos. A espécie corre risco de extinção principalmente pela perda de seu habitat

 (Instagram Guia do Estudante/)

6. Anta
Conhecida também como tapir, é o maior mamífero terrestre do Brasil, podendo alcançar até 2,40 m de comprimento e pesar 300 kg. Solitária, a anta tem uma gestação de 400 dias e pode viver até os 35 anos. No entanto, é um animal vulnerável que sofre as consequências da caça ilegal, da perda de habitat e até mesmo de atropelamentos.

 (Instagram Guia do Estudante/Guia do Estudante)

Editado por Alexandre de Melo

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do curso Poliedro.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.