logo-ge

CNPq suspende 4500 bolsas de pesquisa

Os mais atingidos foram os bolsistas da graduação

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) vai suspender mais 4.500 bolsas de graduação. No anúncio feito pelo conselho ontem (15), a justificativa para a suspensão foram os cortes no orçamento sofridos este ano. 

A maior parte das bolsas suspensas, cerca de 2.000, são destinadas a alunos de graduação, que desenvolvem pesquisa de iniciação científica. O restante está dividido entre bolsas de mestrado e doutorado. 

Segundo o CNPq, as bolsas estavam inativas no momento e nenhum estudante com pesquisa em andamento teve sua bolsa suspensa. O corte, no entanto, afeta estudantes que ainda vão iniciar suas pesquisas e pretendiam pleitear bolsas. 

No início desta semana, o presidente do conselho, João Luiz Filgueira de Azevedo, havia afirmado em entrevistas que eles só teriam condições orçamentárias de pagar bolsas até setembro. Se isso acontecer, mais de 80 mil pesquisadores em todo o país serão afetados. 

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, afirmou que está buscando a liberação de orçamento para o CNPq.