Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Privatização da Eletrobras é aprovada e outras atualidades da semana

O GUIA DO ESTUDANTE selecionou as 5 notícias mais relevantes do Brasil e do mundo nesta semana

Por Karolina Monte 20 Maio 2022, 12h44

Manter o olho no noticiário é essencial para quem se prepara para os vestibulares. Afinal, as famosas atualidades aparecem como pano de fundo em questões das mais diversas disciplinas, das humanidades às exatas.

Pensando nisso, o GUIA DO ESTUDANTE lança, todas as sextas-feiras, um resumo dos principais acontecimentos da semana.

Abaixo, confira o que aconteceu no Brasil e no mundo na terceira semana de maio:

1 – Tribunal de Contas da União aprova privatização da Eletrobras

A privatização da Eletrobras está cada vez mais perto de sair do papel. Isso porque o TCU (Tribunal de Contas da União) aprovou, na última quarta-feira (18), o processo de venda da estatal. A medida já havia sido publicada pelo governo em fevereiro de 2021. Em junho do mesmo ano, foi a vez do Congresso dar o aval. Segundo o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o governo pretende concluir a venda ainda em junho deste ano, apesar da janela de operação ficar aberta até agosto.

A Eletrobras é a maior empresa do setor elétrico do Brasil. Caso a venda de fato se efetive – o que o governo projeta para junho deste ano – será o maior processo de privatização encabeçado pelo presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da economia Paulo Guedes.

Neste texto, o GUIA DO ESTUDANTE explicou como o debate sobre privatizações, em especial no setor elétrico, pode aparecer nos vestibulares.

2 – Tiroteio em universidade dos EUA deixa ao menos cinco feridos

Na quarta-feira (18), um tiroteio em uma universidade dos Estados Unidos deixou ao menos cinco feridos, segundo informaram as autoridades americanas. O incidente ocorreu na Temple University, instituição superior de ensino localizada no estado da Flórida. Durante o dia, um alerta da universidade pedia que estudantes não circulassem pela região do campus.

Até o momento não se sabe informações sobre a origem dos disparos ou o estado de saúde das vítimas. A polícia foi acionada durante o ocorrido, segundo a própria universidade.

Os tiroteios em escolas e universidades americanas coloca em xeque a liberação de armas de fogo para civis. Em 2021, o GUIA DO ESTUDANTE publicou um texto explicando as mudanças mais recentes na legislação sobre porte e posse de armas no Brasil. Confira aqui.

3 – Câmara aprova projeto que regulamenta o homeschooling no Brasil

A Câmara do deputados concluiu, na quinta-feira (19) a aprovação de um projeto de lei que regulamenta o chamado “homeschooling” no Brasil. A PL pretende permitir que crianças e adolescentes possam estudar em casa, e não mais apenas em escolas.  O texto-base da proposta, que já havia sido aprovado na quarta-feira (18), voltou a ser discutido um dia depois, mas acabou passando sem nenhuma mudança e foi plenamente aprovado.

A prática do ensino domiciliar não é permitida no Brasil por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Em 2018, o STF entendeu que não há leis no país que regulamentem essa modalidade.

Continua após a publicidade

O texto aprovado pela Câmara muda a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) para permitir o homeschooling na educação básica.

Confira aqui uma reportagem do GUIA DO ESTUDANTE que elenca os principais argumentos contra e favoráveis ao homeschooling.

4 – TSE fecha acordo com Telegram contra fake news nas eleições

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou, na segunda-feira (17), que firmou um acordo com o aplicativo de mensagens Telegram com o objetivo de combater a disseminação de fake news durante o período de eleições, que acontecerão no segundo semestre deste ano. O TSE terá um canal próprio dentro do Telegram para divulgar informações sobre o pleito eleitoral.

Outras medidas também serão incluídas, como a criação de robô para tirar dúvidas dos usuários sobre as eleições. Uma outra funcionalidade da plataforma vai indicar quais conteúdos geram desinformação. O TSE, em nota, também declarou o compromisso de fornecer informações e relatórios para que o aplicativo desenvolva melhores práticas e políticas internas sobre o assunto.

Desde o ano passado, o TSE vem firmando acordos e parcerias com as principais plataformas de mensagens e redes sociais, como uma estratégia de combate às fake news. O Telegram foi uma das últimas plataformas a aderir ao acordo, e só o fez após uma decisão do STF que ameaçava bloquear o aplicativo.

Clique aqui para entender as principais táticas de desinformação e como a internet é intrumentalizada para disseminação de fake news.

5 – Brasil sofre frio intenso durante a semana, com temperaturas atípicas para o mês de maio

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) disparou alertas de frio intenso para a semana em parte do país. A previsão é que as baixas temperaturas, que começaram a ser registradas na segunda-feira (16), sigam até domingo (22). Em várias regiões do país, principalmente no sul e sudeste, os termômetros ficaram abaixo dos 10ºC, com média em 5ºC. Houve relatos de neve, chuva congelante e rajadas de vento em várias cidades.

O frio intenso e inesperado é causado pela passagem de uma massa polar no país, associada a um ciclone extratropical. Neste texto, o GUIA DO ESTUDANTE explica detalhadamente os motivos da baixa nas temperaturas por todo o país.

 Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso PASSEI! do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país. 

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade