Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês
Atualidades no Vestibular Por Blog Acompanhar as notícias - e compreendê-las - é fundamental para quem vai prestar o vestibular. Veja aqui resumos semanais e análises dos acontecimentos mais importantes da semana.

Japão faz acordo de livre-comércio com UE; veja notícias

Veja os destaques do noticiário internacional da semana de 4/12 para quem vai prestar vestibular. Todas as informações são da Agência Brasil

Por da redação Atualizado em 11 dez 2017, 11h39 - Publicado em 8 dez 2017, 17h29

UE e Japão concluem acordo de livre-comércio

Nesta sexta-feira (8), a União Europeia (UE) e o Japão concluíram negociações sobre um acordo de livre-comércio. O acordo precisa ser aprovado pela Eurocâmara e os Estados membros para poder entrar vigor em 2019. O acordo une dois parceiros que movimentam 40% do comércio e possuem 30% do PIB mundial e é o maior pacto comercial já negociado pela UE. O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, consideraram que o acordo envia “um sinal claro ao mundo” do compromisso de ambas as partes para que a economia mundial funcione com mercados “abertos, livres e justos” e “lutando contra a tentação do protecionismo”. Leia a notícia.

ONU estima que quase 1 bilhão de pessoas no mundo vivam sem eletricidade

Nesta terça (5), a Organização das Nações Unidas alertou que quase 1 bilhão de pessoas vivem atualmente sem eletricidade e que cerca de 780 milhões delas poderão permanecer fora da rede elétrica até 2030. No entanto, a situação melhorou nos últimos anos porque proliferaram pequenos sistemas de energia solar distribuída a clientes de baixa renda na África e na Ásia, onde vivem pelo menos 95% da população mundial sem eletricidade. Leia a notícia.

Bolívia manifesta interesse em fornecer energia a estados brasileiros vizinhos

Michel Temer e Evo Morales durante encontro em Brasília, nesta semana Beto Barata/PR/Fotos Públicas

Em reunião com Michel Temer em Brasília nesta terça (5), o presidente boliviano Evo Morales declarou interesse em fornecer energia aos quatro estados brasileiros que fazem fronteira com a Bolívia – Acre, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Além de eletricidade e derivados do gás natural, o país diz poder contribuir com integração rodoviária, pontes e outras infraestruturas. Os dois governos têm ainda o interesse mútuo de dispor de uma saída ao Pacífico” por meio do projeto do Corredor Ferroviário Bioceânico, que atravessaria o Peru, a Bolívia e o Brasil, fazendo uma ligação do Oceano Pacífico até o Atlântico. Leia mais.

ONU alerta para aumento da degradação dos solos do planeta

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) fez um alerta na terça (5) para o aumento da degradação dos solos a nível mundial, devido a práticas inadequadas de manuseio da terra. Segundo a FAO, aproximadamente 33% dos solos globais estão degradados. Segundo estimavas da FAO, mais de 10 milhões de pessoas já abandonaram os seus países de origem devido a questões ambientais, como seca, erosão do solo, desertificação e desmatamento. Até 2050, a população mundial deverá atingir 9 bilhões de pessoas, o que obrigará os agricultores a produzirem pelo menos 49% de alimentos sob um clima cada vez mais difícil de prever. Leia a notícia.

EUA reconhecem Jerusalém como capital de Israel e Hamas convoca nova intifada

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (6) que seu país passa a reconhecer Jerusalém como capital de Israel e determinou a transferência da embaixada, que está em Tel Aviv. A medida já começou a gerar tensões no Oriente Médio: no dia seguinte (7), o movimento islamita Hamas convocou os palestinos a começar uma terceira Intifada, termo que vem do árabe e significa levante ou revolta (no caso, contra a política de expansão de Israel na região). Leia mais.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade