logo-ge

Mais da metade dos venezuelanos que entraram no Brasil já deixou o país

Confira os destaques do noticiário internacional da semana de 16 de julho para quem vai prestar vestibular. Todas as informações são da Agência Brasil.

Dos 127 mil venezuelanos que entraram no Brasil desde 2017, mais da metade deixou o país

Dos 127,7 mil imigrantes venezuelanos que entraram no Brasil pelo município de Pacaraima, na região de fronteira de Roraima, no ano passado e neste ano, mais da metade já deixou o país. Dos 68,9 mil que saíram, a maior parte (47,8 mil) fez o caminho por fronteira terrestre e 21,1 mil pegaram voos internacionais.

Os dados foram apresentados na 5ª reunião do Comitê Federal de Assistência Emergencial, realizada nesta segunda-feira (16) no Palácio do Planalto, e divulgados pela Casa Civil. Os venezuelanos buscam abrigo no Brasil fugindo da crise econômica intensa instalada no país vizinho. Eles chegam ao Brasil pela fronteira com Roraima. Saiba mais.

Crise na Nicarágua preocupa Brasil e mais 10 países latino-americanos

O Ministério das Relações Exteriores divulgou, nesta segunda-feira (16), um novo comunicado em que expressa preocupação pela violação dos direitos humanos e das liberdades fundamentais na Nicarágua. O país enfrenta uma onda de violência em que mais de 300 pessoas já foram mortas.

A nota foi assinada em parceria com os governos de Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai.  Os 11 países exigem o fim imediato dos atos de violência, intimidação e ameaças dirigidas à sociedade nicaraguense e também o desmantelamento dos grupos paramilitares. Leia mais.

África do Sul comemora centenário de Mandela com eventos de solidariedade e arte

Nesta quarta-feira (18), dia em que Nelson Mandela teria completado 100 anos, eventos de todo tipo, desde campanhas de doação de cobertores à construção de casas para os pobres, passando por concertos e exposições, foram realizados na África do Sul em homenagem ao líder da luta contra o apartheid.

Na litorânea e turística Cidade do Cabo, por exemplo, o foco foi a construção de um mural com o rosto de “Madiba” (como o ex-presidente é popularmente conhecido no país) com 29 mil latas de comida que depois seriam distribuídas entre os pobres. Saiba mais.

Presidente da Argentina reconhece que crescimento econômico do país vai diminuir

Mauricio Macri, presidente da Argentina, admitiu nesta quarta-feira (18) que, após as dificuldades dos últimos meses, o crescimento econômico do país será menor. Ele afirmou, porém, que o crescimento será retomado no ano que vem.

Em entrevista coletiva, Macri disse que, apesar da “tempestade econômica” que fez a inflação disparar nos últimos meses, reduzir o índice continua sendo “absoluta prioridade” de seu governo. Leia mais.

Donald Trump critica multa imposta pela União Europeia ao Google

Nesta quinta-feira (19), Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, criticou a decisão da União Europeia (UE) de impor uma multa de 4,34 bilhões de euros (US$ 5,05 bilhões) ao Google.

A Comissão Europeia (CE) impôs a maior multa já aplicada pelo órgão ao acusar a empresa de obrigar fabricantes de smartphones a usar seu sistema operacional Android para reforçar sua posição de domínio. Saiba mais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s