logo-ge

Estipulando prazos: como parar de procrastinar em um só passo

Uma dica simples, mas que requer um grande esforço de organização, é apenas… estabelecer prazos!

procrastinating
“Eu estive ocupada procrastinando o dia inteiro” (Fonte: Daria/Giphy)

Seu lema é “para que fazer hoje, se eu posso fazer amanhã (ou semana que vem)”? O mal da procrastinação, segundo estudos, atinge de 80 a 95% dos estudantes universitários. Não é de espantar, já que temos dezenas de estímulos que disputam nossa atenção com outras tarefas mais “chatas”: é o celular que exibe notificações, os seriados à distância de um clique, as redes sociais que nunca perdem a graça…

>> Aprenda a sublinhar o texto do jeito certo

No caso de vestibulandos, a coisa fica um pouco mais complicada, afinal, você precisa se preparar para o Enem ou outro vestibular que só rolam uma vez ao ano. Com tantos meses até a prova, a chance de você se pegar procrastinando e indo fazer alguma coisa mais divertida é grande. Mas não é preciso de muito para encerrar esse ciclo vicioso. Uma dica simples, mas que requer um grande esforço de organização, é apenas… estabelecer prazos!

Sem um prazo rígido, a chance de você se perder na preguiça é grande. Mas, com uma data fixa para terminar um conteúdo, fica mais fácil se organizar e garantir que você não vai acabar pisando na bola. Aqui, o esforço deve ser duplo, afinal, você mesmo vai se fiscalizar! Lembrando que sempre há a possibilidade de você pedir ajuda para um amigo ou parente ajudar a controlar sua agenda de prazos.

>> 5 exercícios para fortalecer a memória

Um jeito de organizar seus estudos estipulando datas de término é usando a técnica do quadro kanban, da qual já falamos aqui no blog. A ideia é simples: montar um quadro, dividido em em três colunas: “Ainda por fazer”, “em andamento” e “concluído”. Na primeira coluna, você insere todo o trabalho que ainda não fez, os próximos na fila. Na segunda, insere o que está fazendo no momento. E, na terceira, os que já pode dar como encerrados. Aí, é só colocar um prazo de entrega para todos os que estão “em andamento” e “ainda por fazer” e ir acompanhando o seu progresso nos estudos. Bem simples!

Agora, é ter força de vontade e motivação para elaborar um calendário com tudo que ainda falta ser estudado. Seja realista: afinal, você talvez leve mais tempo para, por exemplo, estudar um conteúdo de física com exercícios do que para terminar uma redação, então, programe tempos diferentes para conteúdos mais ou menos simples de terminar. Mãos à obra! 😉

Post baseado no texto “Without a deadline, it’s difficult to finish”, disponível aqui.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s