Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

6 biografias de personalidades brasileiras

As biografias são importantes para contextualizar períodos da história

Por Danilo Thomaz Atualizado em 13 jun 2021, 11h42 - Publicado em 13 jun 2021, 06h00

A biografia é um gênero literário no qual o Brasil tem destaque. Nos últimos 40 anos, foram publicadas várias histórias de figuras de diversas áreas da vida nacional que nos ajudam a entender de forma prazerosa a nossa história.

Uma boa biografia é aquela em que conhecemos a vida do biografado e também o tempo histórico em que viveu, aprendemos mais sobre nós mesmos e sobre a época em que vivemos.

Por isso, selecionamos aqui algumas biografias que vão te levar a tempos muito interessantes – e a personagens fascinantes.

1 – O anjo pornográfico (Companhia das Letras)

A obra do jornalista Ruy Castro, publicada originalmente em 1992, trouxe de volta à cena o cronista e dramaturgo Nelson Rodrigues (1912-80). Criticado pela esquerda por seu reacionarismo e pelos conservadores pelo conteúdo de suas obras, Nelson escreveu crônicas, romances, contos, memórias e foi um dos responsáveis pela modernização do teatro brasileiro com suas peças. A sua vida é marcada por grandes tragédias – como o assassinato do irmão, a decadência financeira e a prisão política do filho – que nos ajudam a compreender melhor o sentimento de sua obra e sua visão de mundo.

Compre aqui

2 – Carmen, uma biografia (Companhia das Letras)

Mais uma obra de Ruy Castro, a obra nos leva à vida da maior estrela brasileira do século 20 – e a primeira tornar-se uma celebridade internacional. Por meio da vida de Carmen Miranda, acompanhamos também a cena musical do Rio de Janeiro dos anos 1920 e 1930 e o funcionamento do “star system” americano, na Broadway e em Hollywood. Conhecemos também a importância de Carmen para a evolução da nossa música e mercado fonográfico, suas dores e frustrações, que a levariam à dependência química e à morte prematura, aos 46 anos.

Compre aqui

Continua após a publicidade

3 – Chatô, o Rei do Brasil (Companhia das Letras)

A biografia escrita pelo jornalista Fernando Morais conta a história de Assis Chateaubriand, o homem mais poderoso da imprensa brasileira da primeira metade do século 20. Figura controversa, desperta ódio e admiração. Foi responsável, entre outros feitos, por trazer a TV ao Brasil, em 1950, e pela criação do Museu de Arte de São Paulo, o MASP. Suas ligações com o poder, a imprensa e a elite da época nos mostram como funcionava o Brasil da primeira metade do século 20, um país que começa a se urbanizar e a amadurecer.

Compre aqui

  • 4 – Getúlio: “Dos anos de formação à conquista do poder”; “Do governo provisório à ditadura do Estado Novo”; “Da volta pela consagração popular ao suicídio” (Companhia das Letras)

    A trilogia do jornalista Lira Neto é a mais alentada obra sobre a vida do presidente que por mais tempo governou o Brasil. Ao longo de três volumes, conhecemos a filosofia que moldou o pensamento de Vargas; os detalhes de eventos importantes da nossa História, como a Revolução de 1930, e a sucessão de eventos que levou ao seu suicídio, em 24 de agosto de 1954. Uma aula de História que fala muito ao presente.

    Compre aqui

    5 – Uma mulher vestida de silêncio (Record)

    A obra do jornalista Wagner William conta a história da ex-primeira dama Maria Thereza Goulart, viúva do ex-presidente João Goulart, o Jango, deposto pelo golpe civil-militar de 1964. Acompanhamos, através de sua trajetória, os momentos anteriores ao golpe e o período no exílio, durante a ditadura. Uma aula de Brasil por um olhar pouco usual.

    Compre aqui

    6 – Walther Moreira Salles: o embaixador-banqueiro e a construção do Brasil (Companhia Editora Nacional)

    Escrita pelo jornalista Luis Nassif, a biografia é o relato de um homem que circulou por todos os espaços de poder – como banqueiro e embaixador – e sempre procurou colaborar para o desenvolvimento brasileiro. Por meio dele, acompanhamos parte da História do crescimento do Brasil ao longo do século 20.

    Compre aqui

  • Continua após a publicidade
    Publicidade