Assine Guia do Estudante ENEM por 15,90/mês
Continua após publicidade

O mistério de Caravaggio: roubo de obra natalina continua sem solução

O quadro representa o nascimento de Jesus e foi pintado por um dos precursores do barroco. Mas não é só isso que o tornou mundialmente famoso

Por Ludimila Ferreira
20 dez 2023, 08h00

A obra natalina “Natividade com São Francisco e São Lourenço”, do italiano Caravaggio, foi pintada há mais de três séculos, em 1609. Ela retrata o nascimento de Jesus ao lado da Sagrada Família e dos santos Francisco e Lourenço. Caravaggio, cujo nome real era Michelangelo Merisi, pintou principalmente obras de temas religiosos e seu estilo influenciou o movimento barroco. Mas não é apenas as qualidades artísticas deste quadro natalino e de seu autor que tornaram a obra célebre: entre 17 e 18 de outubro de 1969 a tela foi roubada, e ainda hoje não foi encontrada. Este tornou-se um dos roubos mais conhecidos da história da arte.

Conheça a história cercada de mistério.

quadro de Caravaggio roubado mostra o nascimento de jesus ao lado de sagrada família e santos
(Caravaggio/Reprodução)

+ “O Nascimento de Vênus”: análise da obra de Sandro Botticelli

O sumiço do quadro

O quadro de Caravaggio foi roubado de um oratório barroco na capital siciliana Palermo. No dia seguinte ao roubo, o estado da moldura que abrigava a pintura chamou atenção: a tela, apesar das dimensões, foi recortada com uma faca de forma extremamente precisa, sem deixar vestígios. “Natividade com São Francisco e São Lourenço” media 2,68 metros de altura por 2 metros de largura.

capela de onde a obra de Caravaggio foi roubada
(Wikimedia commons/Reprodução)

Desde então, o furto está na lista dos dez principais crimes de arte não resolvidos pelo FBI. A hipótese central é de que uma máfia italiana, Cosa Nostra, teria articulado o roubo, mas o difícil mesmo é localizar o paradeiro da obra. Há relatos de diferentes suspeitos do crime que narram múltiplas versões para o destino da pintura.

Primeiro, por volta de 1980, o mafioso Francesco Marino Mannoia afirmou que a pintura havia sido destruída e queimada. Mais tarde, a versão ganhou mais detalhes, quando já nos anos 2000 o mafioso Gaspare Spatuzza complementou o relato afirmando que o quadro foi escondido em um chiqueiro com porcos e acabou comida por ratos. Seus restos teriam sido queimados pela máfia, como disse Mannoia anos antes.

+ “A liberdade guiando o povo”: entenda a obra de Eugène Delacroix

Vendida em pedaços

Uma versão “menos pessimista”, no entanto, foi apresentada por Gaetano Grado em 2018. Depois de ser preso, o mafioso afirmou que o quadro roubado de Caravaggio havia sido levado para a Suíca por Gaetano Badalamenti. Um negociante de arte sugeriu, então, que a máfia siciliana partisse a tela em diversos pedaços para conseguir vendê-la mais discretamente no mercado ilegal.

O fato é que, picada ou não, roída por ratos ou inteira, a tela que retrata o nascimento de Jesus Cristo nunca mais foi vista. Há quem diga que, se encontrada, ela poderia entregar a identidade dos criminosos por meio das impressões digitais, e isso seria mais um dos dificultadores na solução do crime.

Busca de Cursos

Continua após a publicidade

Em entrevista ao Deutsche Welle (DW), Antonio Rosato, voluntário do grupo especializado em recuperação de obras de arte roubadas Extroart, afirmou que mesmo se a obra estiver nas mãos de um inocente, a pessoa pode não revelar à polícia por medo da máfia. “Estou convencido de que um dos fortes dos criminosos organizados é sua habilidade de jogar com a ignorância de muitos e de explorar seu temor”, afirma.

Entre no canal do GUIA no WhatsApp e receba conteúdos de estudo, redação e atualidades no seu celular!

Compartilhe essa matéria via:

 Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso GUIA DO ESTUDANTE ENEM e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.

Publicidade
O mistério de Caravaggio: roubo de obra natalina continua sem solução
Repertório Cultural
O mistério de Caravaggio: roubo de obra natalina continua sem solução
O quadro representa o nascimento de Jesus e foi pintado por um dos precursores do barroco. Mas não é só isso que o tornou mundialmente famoso

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se você já é assinante faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

DIGITAL
DIGITAL

Acesso ilimitado a todo conteúdo exclusivo do site

A partir de R$ 9,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.